Martha Argerich & Mischa Maisky

Música, Clássica e ópera
Martha Argerich
©DR Martha Argerich

A Time Out diz

Poucos músicos clássicos de primeiro plano têm mantido colaboração tão longa e profícua quanto a pianista argentina Martha Argerich (n.1941) e o violoncelista russo-israelita Mischa Maisky (n.1948). Entre as realizações mais notáveis desta parceria com três décadas de duração estão as gravações das obras para violoncelo e piano de Beethoven, Debussy, Franck e Schumann, a Sonata Arpeggione de Schubert, os trios com piano de Tchaikovsky e Shostakovich (com o violinista Gidon Kremer), a transcrição das sonatas para viola da gamba e cravo de Bach, o Quarteto com piano n.º 1 de Brahms, o Triplo Concerto de Beethoven (com Capuçon no violino) e vários discos ao vivo, nomeadamente em Lugano, onde Argerich dirigiu, entre 2000 e 2016, um festival de piano e música de câmara.

A pianista e o violoncelista voltam a juntar-se num recital com peças de Brahms (Sonata n.o 2 op.99), Schumann (Fantasiestücke op.73) e Shostakovich (Sonata op.40). As sonatas são duas obras-primas e as três Fantasiestücke, embora concebidas para clarinete e piano, resultam igualmente bem em violoncelo e piano.

[As Fantasiestücke op.73, de Schumann, por Martha Argerich & Mischa Maisky, ao vivo na Kongressaal, Munique, 1982]

Por José Carlos Fernandes

Publicado:

Detalhes

Também poderá gostar
    Últimas notícias