Ogre

Música, Jazz
Ogre
©DR Ogre

A Time Out diz

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme se os eventos continuam agendados.

A proposta mais heterodoxa da programação: os Ogre, cujo registo funde pop, jazz e electrónica, interpretam canções compostas por João Farinha sobre textos de Shakespeare.

Vínculo a Shakespeare: directo.

Intérpretes: Maria João (voz), João Farinha (teclados) e André Nascimento (electrónica).

Por José Carlos Fernandes

Publicado:

Detalhes

Também poderá gostar