Solar Corona

Música, Rock e indie
Solar Corona
©Renato Cruz Santos Solar Corona

A Time Out diz

Vertigem, Velocidade e Visceralidade. O álbum de estreia dos Solar Corona é uma bomba. A banda barcelense foi formada em 2013 e reformulada em 2016, contando agora com o guitarrista Rodrigo Carvalho
 (o único membro da formação original), o baixista José Roberto Gomes (Kilimanjaro), o baterista Peter Carvalho (Repressão Caótica) e o saxofonista Julius Gabriel.

Os astros estão alinhados. Num sopro, a sensualidade vulcânica do saxofone abre novas e distorcidas paisagens, luxuriando com os delírios cósmicos dos sintetizadores. Os Solar Corona movem montanhas com o portento do seu som. É música brutalmente abrasiva, com volume e voracidade. Não criam no vazio, respeitam os seus antecessores, mas dão o seu suor. Em jogos de tensão, desaceleram e aceleram prego a fundo, aliando a curvatura melódica a um tremor tectónico. Numa avassaladora electricidade, a banda devolve o abismo ao rock, com todo o peso e perigo.

Por Editores da Time Out Lisboa

Publicado:

Detalhes

A vossa opinião

LiveReviews|0
1 person listening