A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

The Divine Comedy

  • Música, Pop
Neil Hannon - The Divine Comedy
©DR
Publicidade

A Time Out diz

É uma espécie de “My Way” ou de “Je Ne Regrette Rien”. Chama-se “The Best Mistakes”, e é o single inédito que constará da nova colectânea Charmed Life - The Best of The Divine Comedy, com que Neill Hannon e companhia assinalam 30 anos de carreira. Hannon, 51 anos, repete esse mesmo exercício orgulhoso e reconfortante que escutamos nas vozes de Sinatra e Piaf. Deita contas ao que está para trás e celebra o caminho por inteiro, erros e acidentes incluídos, porque foi ele que o trouxe até aqui e, bem vistas as coisas, o homem está contente com o lugar onde chegou. E tem boas razões para isso. Os irlandeses regressam a Lisboa para um concerto incluído precisamente numa digressão comemorativa, sob o título “The best of The Divine Comedy”. E prometem uma noite com um alinhamento seleccionado entre os seus doze álbuns, onde se inscreve alguma da melhor pop orquestral britânica das últimas décadas.

Escrito por
João Pedro Oliveira

Detalhes

Endereço
Publicidade
Também poderá gostar