Verdi: La Forza del Destino

Música, Clássica e ópera
Julianna Di Giacomo
©DR Julianna Di Giacomo

A Time Out diz

Sevilha, palácio do Marquês de Calatrava: Leonora está apaixonada por Don Alvaro, um mestiço com sangue índio e espanhol, mas o pai de Leonora, o marquês, opõe-se à união, almejando um casamento mais nobre para a filha. Leonora apresta-se para fugir com Alvaro quando o marquês os surpreende. Don Alvaro rende-se, mas quando depõe a sua pistola esta dispara-se acidentalmente e mata o marquês. Este incidente inverosímil vai dar início a uma perseguição implacável movida por Don Carlos, irmão de Leonora, obcecado com a ideia de vingar o pai, que tem desenlace trágico.

A ópera, com libreto de Francesco Maria Piave, estreou em 1862 no Teatro Bolshoi, em São Petersburgo.

Intérpretes: Miklós Sebestyen (Marquês de Calatrava, Padre Guardião), Julianna Di Giacomo (Donna Leonora, substituída no dia 12 por Cristiana Oliveira), Damiano Salerno (Don Carlo di Vargas), Kristian Benedikt (Don Alvaro, substituído no dia 12 por Paulo Ferreira), Cátia Moreso (Preziosilla, Curra), Luís Rodrigues (Melitone), João Merino (Alcaide, Cirurgião), Carlos Guilherme (Trabuco), direcção de Antonio Pirolli, encenação de David Pountney.

[“Pace, Pace Mio Dío”, por Maria Callas e Orquestra do Teatro alla Scalla, com direcção de Tullio Serafin, 1955]

Por José Carlos Fernandes

Publicado:

Detalhes

A vossa opinião

0 comments