Verdi: Otello

Música, Clássica e ópera

A Time Out diz

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme se os eventos continuam agendados.

Verdi gozava de uma merecida reforma, após aquilo que designava como “os anos das galés”, quando foi desafiado a regressar à actividade – em boa altura aceitou o repto, pois as suas duas últimas óperas, ambas inspiradas em Shakespeare, são o pináculo da sua carreira. Da penúltima, Otello (1887), serão ouvidos o I e IV actos.

Vínculo a Shakespeare: directo.

Intérpretes: Paulo Ferreira (Otello), Evelina Dobraceva (Desdemona), Gevorg Hakobyan (Iago), Marco Alves dos Santos (Cassio), Bruno Almeida (Rodrigo), Orquestra Sinfónica Portuguesa, com direcção de Antonio Pirolli.

Por José Carlos Fernandes

Publicado:

Detalhes

Também poderá gostar