Black Coffee

Noite
Black Coffee
©DR Black Coffee

A Time Out diz

Depois de marcar presença numa esgotada sessão do Brunch Electronik do ano passado, o sul-africano Black Coffee (nome artístico de Nkosinathi Innocent Maphumulo) estreia-se no Lux. Estudou jazz em Durban, na África do Sul, até se lançar na electrónica. Começou a carreira na década de 90, mas só na última viu o seu reconhecimento – uma “ascensão meteórica”, escreve o Lux –, com sucessos house como “Superman”, “Buya” ou “Turn Me On”. Themba, também da África do Sul, junta-se a ele na disco.

Por Editores da Time Out Lisboa

Publicado:

Detalhes

A vossa opinião

LiveReviews|0
1 person listening