Noite em Lisboa: Arte 8 é o bar dos fotógrafos

Imagens de mais de 60 fotógrafos decoram as paredes do bar Arte 8. Mostramos-lhe que na noite em Lisboa, copos e exposições também combinam

Fotografia: Manuel Manso

No início de Novembro, o Sétimo Céu, um dos primeiros bares gay do Bairro Alto, anunciava que ia fechar portas depois de 20 anos de muitas histórias. A oportunidade ideal para os fotógrafos Paulo Lopes e Miguel Silva (com outro sócio, Fabrício Silva) cumprirem um sonho antigo no mesmo espaço: o de abrirem “um bar para os fotógrafos”, diz Paulo. Para fotógrafos e para toda a gente com vontade de ver fotografias, de beber um copo, ou de juntar as duas coisas na mesma noite, sem sair do mesmo sítio. “Pensámos num projecto de fotografia sem preconceitos, que juntasse desde fotografia de autor a fotografia de desporto, fotojornalismo, fotografia mais contemporânea, de casamentos ou paisagem”, explica. “A ideia foi ir buscar gente com talento a trabalhar em Portugal.”

Montar um bar em menos de um mês não é fácil, mais ainda quando nas paredes se tem a “maior exposição fixa colectiva de fotografia” da cidade, sublinham.

Ao todo, mais de sessenta fotógrafos responderam ao desafio de enviar uma fotografia para ir parar às paredes do bar que ganhou o nome de Arte 8 – “A fotografia é a oitava arte e achámos piada também porque dantes era aqui o Sétimo Céu”, explica Paulo.

Eduardo Gageiro, o colectivo DDiArte, Rui Ochôa, Fernando Corrêa dos Santos (com uma fotografia da primeira visita da rainha Isabel II a Portugal), Mário Cruz (vencedor do World Press Photo de 2016 na categoria de Assuntos Contemporâneos) e Carlos Ramos são alguns dos nomes desta exposição permanente que deverá crescer tanto quanto as paredes do bar o permitirem. “Estamos a pensar ter uma parede só para fotógrafos que já morreram, como o David Clifford [que colaborava com a Time Out]”, diz Miguel.

Além da exposição, o bar tem também uma vitrine com máquinas e fotografias antigas que pertencem ao Museu Vicentes, no Funchal, o mais antigo estúdio de fotografia de Portugal, da família de Miguel.

Travessa da Espera, 54 (Bairro Alto). Qua-Qui 18.00-02.00; Sex-Sáb 18.00-03.00.

Comentários

0 comments