A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Altice Arena
Altice Arena

Altice Arena vende lugares VIP para dar comida a profissionais do espectáculo

Por Raquel Dias da Silva
Publicidade

A crise atingiu todos os sectores da economia, mas o dos eventos foi o primeiro a parar e será dos últimos a retomar a sua actividade. Para ajudar, a Altice Arena está a vender duas cadeiras de um dos seus camarotes premium. A receita será convertida em bens alimentares e entregue a profissionais do sector.

Seis mil euros. É o preço de cada um dos dois lugares à venda num dos camarotes premium da Altice Arena. Quem os comprar terá acesso, durante o ano de 2021, a todos os eventos que se venham a realizar na maior sala de espectáculos do país. Mas estará também a ajudar os profissionais do sector audiovisual com uma receita que será convertida, na íntegra, em bens alimentares.

“Os profissionais deste sector não têm, na sua maioria, relações contratuais que lhes permitam aceder a layoffs e outros mecanismos de apoio”, lê-se no comunicado da iniciativa. “A dura realidade é que estes profissionais se deparam hoje com dificuldades em garantir alimento para si e para as suas famílias.”

Depois do valor dos lugares ser convertido em bens alimentares, será entregue à União Audiovisual, um grupo organizado por profissionais do sector, que nasceu no Facebook, para “dar ajuda a quem trabalha no ramo audiovisual, que esteja a precisar de bens alimentares desde o início desta crise por causa de cancelamentos recentes de espectáculos”.

Para tirar dúvidas sobre esta campanha solidária ou mostrar-se interessado em comprar uma destes lugares cativos, basta contactar a Altice Arena através de e-mail (cadeirasolidaria@aarena.pt). “Com esta iniciativa queremos contribuir para ajudar os profissionais de um dos sectores mais afectados por esta pandemia”, afirma na mesma nota informativa Jorge Vinha da Silva, administrador executivo da Altice Arena. “Pessoas que tantas vezes recebemos no nosso espaço e a quem também se deve o sucesso de tantos e tão grandes eventos.”

+ Leia grátis a nova Time In Portugal

Últimas notícias

    Publicidade