A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

BabyLoop: a economia circular também se aplica à puericultura

Por
Francisca Dias Real
Publicidade

As famílias crescem e o acumular de material de puericultura pode ser uma chatice para alguns e uma oportunidade para outros. A BabyLoop é a nova plataforma online de compra e venda de artigos usados para bebés, um projecto que encaixa numa lógica de economia circular e que envolve já mais de 4000 mil famílias.

A marca tem o cunho da apresentadora Carolina Patrocínio e dos criadores da Book in Loop, plataforma de reutilização de livros escolares, e foca-se sobretudo em artigos de grande dimensão: é o caso de berços, trios, carrinhos de passeio, cadeiras, mobiliário especializado, ou cadeiras auto. No site e na aplicação para telemóvel, os produtos estão divididos nas categorias auto, passeio e casa, e posteriormente repartidos por marcas.

“Quis desenvolver uma solução que ajudasse todos os pais, mesmo os que querem ter mais filhos, que fosse sustentável, mas sem comprometer a qualidade dos produtos. Eu própria sentia esta necessidade no mercado, mas faltava-me o know how para colocar a ideia em prática”, escreve em comunicado Carolina Patrocínio, para explicar a necessidade de se aliar aos jovens da Book in Loop que tinham desenvolvido um projecto sob as mesmas premissas de economia circular.

O grande objectivo é aliviar a carga financeira das famílias na hora de se munir de um kit de puericultura. “Um kit básico puericultura para os primeiros meses custa, em média, entre 920 e 2.130 euros, um valor muito elevado tendo em conta que 30% da população portuguesa recebe salário mínimo e que o salário médio no país é de 887 euros”, refere Ricardo Morgado da Book in Loop e director executivo do novo projecto. “Com a BabyLoop os pais vão poder poupar até 80% do valor, se comprarem um equipamento na plataforma e, depois, voltarem a vendê-lo. Por exemplo, num carrinho de gama média que custe 400 euros, as famílias conseguirão poupar cerca de 320 euros.” A intenção será praticar preços com cerca de 50% de desconto relativo ao valor inicial da peça e, por vezes, até mais do que isso.

À BabyLoop associa-se também o Continente. A cadeia de hipermercados entra no projecto como ponto de entrega de equipamentos para quem tiver material de venda, sendo que haverá mais de 80 lojas associadas em Portugal onde os poderá entregar.

A plataforma já está activa para quem quiser vender equipamentos, basta submetê-los para aprovação e “apesar de ser uma plataforma de produtos em segunda mão, só são aceites artigos em muito bom estado e de qualidade”, assegura Ricardo.

Depois de recebidos nos pontos de recolha, o material de venda é tratado como se fosse novo e até a uma sessão fotográfica tem direito, para depois ser exposto na loja online. 

A compra só estará disponível a partir de Fevereiro, sendo que as famílias já podem deixar uma mensagem detalhada com as intenções do que pretendem adquirir seguindo as categorias do site.

+ As melhores lojas para bebé em Lisboa

Últimas notícias

    Publicidade