A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Bairro das Novas Nações
Fotografia: Mariana Valle Lima

Bairro das Colónias em vias de ser classificado pela DGPC

A Direcção-Geral do Património Cultural deu início ao procedimento de classificação do bairro que outrora se chamou das Colónias, hoje Bairro das Novas Nações.

Escrito por
Renata Lima Lobo
Publicidade

Rua da Guiné, Rua da Ilha de São Tomé, Rua de Cabo Verde, Rua de Macau, Rua de Angola, Rua de Moçambique, Rua do Zaire ou Rua de Timor são algumas das artérias que integram o chamado Bairro das Colónias, um dos territórios da Freguesia de Arroios que está em vias de ser classificado pela Direcção-Geral do Património Cultural (DGPC).

O anúncio foi publicado em Diário da República a 22 de Dezembro e deu início a uma classificação que tanto poderá ser definida como de Interesse Nacional ou de Interesse Público, “o que ficará definido da decisão final que vier a ser tomada”, explicou fonte da DGPC à Time Out.

Bairro das Novas Nações
Fotografia: Mariana Valle Lima

Localizado na freguesia de Arroios, é considerado “um conjunto arquitectónico de homogeneidade ímpar, com prédios de um programa burguês em gosto Art Déco e Modernista”, lê-se no anúncio publicado, iniciativa que dá seguimento a uma proposta feita em 2017 pelo Fórum Cidadania Lx.

O Bairro das Colónias, oficialmente Bairro das Novas Nações desde 1975, nasceu entre os Bairros Andrade, a norte, e de Inglaterra, a nascente, tendo sido erguido nos terrenos das antigas quintas da Forca, Mineira e Charca. No entanto, este anúncio publicado em Dezembro abrange algumas ruas que fazem parte dos bairros vizinhos, como a Rua Cidade de Manchester ou a Rua Antónia Andrade.

Esta zona da cidade teve o seu auge de construção nos anos 20 do século passado, e foi terminada em meados da década seguinte e hoje mantém um elevado grau de autenticidade e integridade ao nível da arquitectura, nomeadamente edifícios art déco, modernistas ou com o chamado estilo português suave, em voga durante o Estado Novo.

​​Também em vias de classificação está o Bairro das Estacas, em Alvalade, um processo iniciado em Março de 2021.

+ Leia já, grátis, a edição digital da Time Out Portugal desta semana

+ Palácio Nacional de Sintra redescobre galeria única do século XVI

Últimas notícias

    Publicidade