A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Mercado da Vila de Cascais
DRMercado da Vila de Cascais

Cascais entrega cabazes de frescos a funcionários na linha da frente

Os cabazes estão a ser adquiridos a produtores locais e a vendedores dos mercados municipais. O investimento total ronda os 30 mil euros.

Por Raquel Dias da Silva
Publicidade

A Câmara Municipal de Cascais irá entregar, durante o primeiro trimestre deste ano, 500 cabazes por semana a funcionários do universo municipal que estiveram ou estão na linha da frente do combate à pandemia. Além de ajudar “quem nunca deixou de correr riscos em prol da comunidade”, esta iniciativa visa também apoiar quem tem dificuldades em escoar os seus frescos devido às fortes restrições no acesso aos mercados municipais.

“Queríamos dar-lhes alguma recompensa e algum reconhecimento objectivo por via desse trabalho. Não sendo possível por lei fazê-lo de outra maneira, estamos a dar os produtos que não se estragaram, apoiando os produtores de alimentos e dando este conforto a todos aqueles que estiveram [e estão] a cuidar de todos nós enquanto confinados”, esclarece Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais.

“Uma iniciativa muito boa, tanto para os feirantes como para as pessoas que vão receber os cabazes numa altura muito difícil”, assegura Mikal Ratital, um dos três vendedores a quem coube fornecer os cabazes para a primeira entrega no Mercado da Vila, onde as regras para evitar o contágio por Covid-19 impõem que só possam abrir 50% das bancas habituais, tendo os vendedores que alternar de 15 em 15 dias.

+ Coronavírus. Como ajudar durante a pandemia

+  Subscreva a nossa newsletter para receber as novidades e o melhor da sua cidade

Últimas notícias

    Publicidade