A Time Out na sua caixa de entrada

CCB
©CCBO CCB vai ser um dos palcos principais deste verão

CCB tem planos para o Verão: música, cinema e conversas

Programação de Verão quer voltar a juntar as pessoas na cidade, embora com os devidos cuidados. De 15 de Julho a 12 de Setembro, o Centro Cultural de Belém contraria a adversidade.

Por Sebastião Almeida
Publicidade

Com a actividade cultural a começar a sua lenta retoma após meses de paralisação, o Centro Cultural de Belém apresenta uma programação ao ar livre, de 15 de Julho a 12 de Setembro, para reunir espectadores com os devidos cuidados. Inspirado na obra seminal de Voltaire, Cândido, ou o Optimismo, o mote é “fazer o melhor dentro do que é possível, contrariar a adversidade e abrir à cidade”. Posto isto, vai haver música, espaço para o debate, cinema, gastronomia e bem-estar.

Do jazz à ópera, do funk à música contemporânea, da música africana à clássica, o programa quer ser “diverso mas igualitário”, refere uma nota enviada às redacções. Fogo Fogo (15 de Julho), Filipe Sambado (18 de Julho), a Orquestra de Câmara Portuguesa (19 de Julho), Keep Razors Sharp (25 de Julho), André Rosinha Trio (8 de Agosto), Sensible Soccers (15 de Agosto) e Tito Paris (12 de Setembro) serão alguns dos músicos convidados.

Carrilho da Graça, arquitecto responsável pelo novo Terminal de Cruzeiros de Lisboa ou o Museu do Oriente, foi o escolhido para desenhar um auditório que será montado na Praça do CCB. O objectivo é “acolher o maior número de espectadores possível, mantendo a segurança, mas celebrando o reencontro”. As sessões musicais terão lugar no referido auditório e no Jardim das Oliveiras, aos sábados e domingos, entre as 19.00 e as 21.00. Os bilhetes têm um custo de cinco euros.

As sessões de cinema acontecem todas as sextas-feiras, às 21.00 (6€). Mas ainda há espaço para visitar a exposição “O Mar é a Nossa Terra”, na Garagem Sul, de terça-feira a domingo, das 12.00 às 20.00 (6€), assistir a aulas de yoga e tai chi chuan aos sábados, às 10.00, no Jardim da Pedra (entrada livre) ou às conversas que irão acontecer no Jardim das Oliveiras, às quintas-feiras, entre as 18.00 e as 19.00. A programação completa pode ser conhecida no site do CCB.

+ Leia a Time In desta semana e fique a saber onde comer peixe fresquinho sem sair da cidade 

Últimas notícias

    Publicidade