Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Circle: um ginásio hi-tech para alinhar corpo e mente
Notícias / Vida urbana

Circle: um ginásio hi-tech para alinhar corpo e mente

Circle
Inês Félix

Corpo e mente estão sempre de mãos dadas no Circle, o novo ginásio de São Sebastião. Em 850 metros quadrados cabe o mundo todo do fitness e do bem-estar, com spa, consultas de nutrição e osteopatia. Mais: é aqui que encontra, pela primeira vez em Portugal, uma plataforma que o põe a mexer em circuitos que exploram o movimento com uma base tecnológica.

Noor Palma e Ernesto Carvalho são a dupla que dá a cara pelo espaço e pelo conceito. Noor é formada em psicologia e Ernesto em exercício físico, e o Circle é a união das duas vocações. Um espaço pensado para elevar a consciência e a performance de cada um, dando uso a todo o potencial do corpo humano.

“Tudo passa por termos consciência da mudança, quer física, quer mental. Se mudarmos, se formos criando um círculo de bons hábitos, à medida que vamos trabalhando o corpo tornamo-nos mais flexíveis mentalmente”, explica Noor. “Não queremos que a vertente estética se sobreponha à saúde física e mental.”

 

Inês Félix

 

Aqui, não vai encontrar muitos espelhos ao longo do espaço, e isso é outros dos aspectos que quiseram mudar em relação aos ginásios convencionais. “Não queremos incentivar o ego dessa maneira, não é a nossa forma de subir a auto-estima das pessoas”, explica Ernesto. “Quando entramos nos ginásios normais as pessoas estão muito focadas no que vêem e não falam com ninguém, e aqui queremos promover o contrário: queremos que falem, que se conectem com outros, criem círculos de pessoas e influências.”

No Circle trata-se tudo de uma questão mecânica, ou seja, trabalhar e explorar os movimentos do corpo e as capacidades motoras do dia-a-dia. Como? Com exercícios funcionais como rodar, puxar, saltar ou correr. “Assentamos em pilares que formulam os bons hábitos para uma pessoa ser saudável física e mentalmente: movimento, alimentação, regeneração, conexão e reflexão”, refere Noor. 

A casa de partida deste jogo de tabuleiro do corpo humano é aquilo a que chamam de Avaliação Integral do Movimento (50€), uma consulta de uma hora que mede e avalia expressões do corpo e serve de bússola de cada membro daí em diante. É com base nos resultados dessa avaliação que é feito um plano de treino e que cada pessoa é aconselhada a trabalhar esta ou aquela vertente.

Inês Félix

“Neste espaço está espelhado o nosso maior objectivo: apostar na performance das pessoas sempre com a tecnologia presente, desde que ajudem a potenciar o corpo e a mente de alguma maneira”, diz Noor.

E se há coisa que nunca viu num ginásio (ou em qualquer outro sítio em Portugal) são as salas equipadas com a plataforma PRAMA, a estrela que mais brilha nesta casa. Imaginemos aquelas pistas de dança coloridas, que vão acendendo e apagando luzes à medida que se pisam os quadradinhos – aqui é mais ou menos assim, com a vantagem de que vai trabalhar os músculos todos do corpinho. Existem duas salas equipadas com esta tecnologia, uma grande para dinâmicas de grupo e outra mais pequena para crianças e jovens e dinâmicas em família. 

“Quisemos também envolver as crianças no espaço, porque sabemos que não há muitos sítios que permitam que pais e filhos tenham actividade física em conjunto. Além disso, queremos que este seja um espaço para miúdos que façam desporto e venham aqui potenciar a corrida, a capacidade de reacção rápida ou a força”, acrescenta Noor.

A interactividade está na base de tudo e permite treinos de movimento, agilidade, coordenação, equilíbrio e força. Os ecrãs espalhados pela sala ditam os exercícios, os tempos e as mudanças de nível, uma vez que tudo funciona com estímulos sensoriais. Por exemplo, quando a música acelera é sinal que é para dar tudo durante essa série de exercícios, antes de saltar para outra estação.

Inês Félix

O chão destas salas está coberto por um revestimento que reage ao movimento, e há exercícios em que precisa mesmo de estar alerta e apagar luzes com destreza – seja com os pés ou com as mãos (também há uma parede para tal). Lunges em círculo, skipping alternado, pistas de corrida para apagar luzes do chão ou atirar uma bola à parede e ver quem apaga mais círculos coloridos são apenas alguns dos exercícios que esta plataforma permite fazer em aulas de 30 a 60 minutos (a partir de 89€ com a fidelização 12 meses e acesso ilimitado; 35€ passe de um dia; 250€/10 aulas).

“Todas as nossas dinâmicas de grupo envolvem o PRAMA, e ainda que muita gente possa achar que não consegue fazer algum exercício é bom que saibam que cada aula é adaptada às necessidades do grupo”, refere Ernesto. “E quando chegam ao fim da aula sabem que deram o melhor de si, que se superaram porque tinham outras pessoas a fazer as mesmas coisas.”

A par das salas PRAMA, há ainda um estúdio de treino equipado com passadeiras skillmill, remos, ski, assault bikes e materiais para treino funcional livre. Há ainda uma sala de personal training para quem optar por juntar essa modalidade à mensalidade para trabalhos mais específicos e individualizados, como a recuperação, prevenção ou aumento de capacidades motoras (a partir de 45€/30 min por sessão; ou 238€/uma vez por semana – 13 sessões).

Inês Félix

Antes de se atirarem de cabeça para o Circle, Noor e Ernesto visitaram uma mão cheia de ginásios e todos tinham um denominador comum: “havia uma falta de orientação brutal”, aponta Noor. “As pessoas tinham um plano de avaliação mas não têm um acompanhamento, por isso é que nós instituímos a Avaliação Integral do Movimento. Tudo aqui é um processo de progressão, ninguém salta passos, é fundamental para nós acompanharmos as pessoas neste processo.”

E parte desse acompanhamento pode ser feito nas consultas de osteopatia (a partir de 50€) ou mesmo nas de nutrição – sendo que poderá optar por consultas de nutrição normal (40€-60€) ou nutrição comportamental (40€-60€; 120€ pack), que trabalha as emoções que estão por trás, por exemplo, daquelas ganas inexplicáveis em atacar o frigorífico à noite.

As consultas decorrem no piso subterrâneo num corredor de gabinetes que acaba por dividir as atenções e o espaço com as salas do About Spa, para usufruto dos clientes e do público em geral, onde o menu contempla tratamentos de regeneração e relaxamento. 

Inês Félix

Em breve, vão iniciar um ciclo de conversas e palestras com oradores especialistas em temas relacionados com o corpo e mente, naquilo a que apelidam de Incircle. “Vamos criar uma plataforma aberta ao público para conseguirmos fazer chegar determinada informação às pessoas de forma simples.”

No meio de saltos, corridas e esforços acrescidos, há espaço para encher a barriga e repor as energias. Na mesma morada, mas na porta ao lado, nasce em Fevereiro o novo Ela Canela, restaurante de comida saudável que já existe em Campo de Ourique. O registo de alimentação sazonal e biológica e a ausência de alimentos processados manter-se-á, ainda que haja novidades na carta.

Rua Marquês Sá da Bandeira, 16 A-B. 

Fique em forma nestes ginásios em Lisboa

Publicidade
Publicidade