A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Cinémas Guzzo
Photograph: Julien Andrieux

Em Lisboa já não há praticamente cinemas abertos

Por Sebastião Almeida
Publicidade

Todas as salas dos cinemas NOS estão fechadas por tempo indeterminado. Medida estará em vigor até o panorama relacionado com a pandemia estabilizar. Em Lisboa, são cada vez menos as salas abertas.

Os cinemas NOS decidiram, esta segunda-feira, encerrar os 31 complexos de cinemas e as 219 salas em todo o país, face à situação de pandemia de coronavírus decretada há dias.

Apesar de a empresa ter posto em vigor medidas que visavam proteger os seus colaboradores e clientes, como a redução para metade das capacidades das salas até 150 pessoas, a realização de sessões sem lugares marcados e o reforço da limpeza e higienização, os Cinemas NOS decidiram que “o cancelamento é a medida adequada numa fase em que é crítica a permanência em casa das pessoas e das famílias portuguesas". No comunicado enviado às redacções é referido que esta medida será aplicada pelo tempo que se justificar, com entrada em vigor a partir desta segunda-feira.

Também o Cinema Ideal, localizado junto ao Largo Camões, no Chiado, decidiu encerrar portas até 2 de Abril. “Considerando a evolução da situação nos últimos dias, a nível nacional e europeu, e apesar da total indefinição por parte das autoridades públicas (da área da Cultura e que superintendem esta actividade – a IGAC, do Ministério da Cultura), o cinema Ideal tomou a decisão de suspender a sua actividade”, lê-se na sua página de Facebook.

O Cinema Nimas, na Avenida 5 de Outubro, anunciou, também através do Facebook, o encerramento das suas instalações na sexta-feira. A sala lisboeta conta reabrir a 16 de Abril, com uma programação que será anunciada. “Os/as espectadores/as que já adquiriram bilhetes para sessões entre estas datas serão, naturalmente, reembolsados”, informa o cinema aos seus clientes.

+ Os eventos cancelados ou adiados na cidade devido à Covid-19

Últimas notícias

    Publicidade