A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Vinho
© DR

Este mercado de vinhos é virtual mas tem palestras e até provas

Por Sebastião Almeida
Publicidade

Dias 28 e 29 de Março haverá um mercado de vinhos digital para estimular o gosto pela bebida nesta altura de confinamento. Conte com palestras, provas comentadas e, tal qual uma feira de vinhos normal, no final, pode comprar as garrafas que quiser – ser-lhe-ão entregues em casa.

Vivemos tempos estranhos e difíceis, é certo. Os cancelamentos de eventos sucedem-se mas nem tudo são más notícias. Tomás Caldeira Cabral, Rodrigo Quina e Francisco Alvim, os responsáveis pela TintoCao.com, um projecto pensado para funcionar como um clube de experiências ligadas ao vinho, resolveram arriscar e tentar contornar as restrições de contacto que nos foram impostas com o primeiro mercado de vinhos digital. A iniciativa realiza-se nos próximos dias 28 e 29 de Março, na internet.

A ideia, explicam os criadores, “é substituir um mercado de vinhos presencial, por um mercado de vinhos digital, onde haverá dezenas de produtores a falarem dos seus projectos e vinhos”. Tanto Rodrigo como os restantes organizadores estão ligados a vários eventos vínicos que não se poderão realizar. Desta maneira, querem mostrar que "o sector está vivo, preocupado com toda a gente, apesar dos restaurantes fechados”, resume.

O evento decorrerá, digamos assim, na página de Facebook e na página de Instagram do projecto. Será lá que os utilizadores em casa poderão ouvir e interagir com os produtores e sommeliers que participarão no mercado. No final, se quem vê de casa gostar, poderá encomendar os vinhos através da loja online criada para o efeito.

Até ao momento, está confirmada a participação de André Figuinha, sommelier principal do Feitoria, e nomeado Escanção do Ano (2020), Pedro Nogueira, sommelier do restaurante com uma estrela Michelin de João Rodrigues, João Pichetti, do restaurante de Marlene Vieira, Ricardo Morais, responsável pelos vinhos do JNcQUOI Ásia, Diogo Yebra, do JNcQUOI Avenida e Diego Apolinário, do Eneko Lisboa.

As regiões vínicas do país estarão representadas com produtores de Palmela, Bairrada, Alentejo, Douro, Dão, Setúbal e Lisboa. O programa pode ser consultado no site e nas redes sociais do evento.

+ Entregas de vinho ao domicílio

Últimas notícias

    Publicidade