A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
XXXmas Market, Mercado, Prendas, LGBT
©DRXXXmas Market

Há um mercado de Natal queer na Almirante Reis

À procura de prendas de Natal alternativas? Na sexta, o XXXmas Market, em Lisboa, junta banquinhas com peças de artistas, roupa, lingerie, velas, fotografias e óleos artesanais.

Por Clara Silva
Publicidade

Começa a corrida às prendas e, a pensar em quem deixa para a última, Catarina Querido, fundadora do Anjos70, organiza na próxima sexta-feira o mercado de Natal mais alternativo da cidade.

O XXXmas Market, como foi baptizado, acontece na Avenida Almirante Reis, entre as 15.00 e as 22.00 de sexta-feira 18, numa "futura loja/estúdio que está neste momento a ser renovada", explica Catarina. "Com dois andares, vamos aproveitar o espaço vazio para organizar um momento especial."

Ainda não estão confirmados todos os participantes, mas sabe-se que serão perto de 15 banquinhas, naquele que se assume como "um evento sex-positive e queer com mercado pop-up com sugestões para prendas de Natal de última hora, com artes e artesanato na temática erótica", continua.

Catarina é também mentora do Naughty Weekend: Artes e Sexualidades, que aconteceu em Junho de 2019 e quis desconstruir "preconceitos em relação ao sexo e erotismo, incentivando novas descobertas, através de uma oferta ampla de actividades artísticas e conversas", lia-se no evento. O Naughty Weekend também incluía um pequeno mercado que agora se repete numa versão mais natalícia.

Entre as bancas estarão artistas a vender as suas próprias ilustrações, serigrafias e fotografias e também há espaço para outros artigos, como velas e óleos artesanais, além de bancas de roupa e lingerie da autoria de uma designer nacional.

Além do mercado, o evento conta com vários "acontecimentos", diz Catarina, depois das 18.00. Por exemplo, leituras pelo artista Rodrigo Vaiapraia (que em 2020 lançou o álbum 100% Carisma, com a canção "Fogo Fera") ou uma sessão de perguntas e respostas com a especialista em educação sexual para adultos Carmo Gê Pereira.

O XXXmas Market é de entrada livre, mas pede um donativo de 5€ para angariar fundos para a rede de apoio à Marcha LGBTI+ de Lisboa, que este ano foi cancelada. A marcha lançou uma campanha de crowdfunding com o objectivo de angariar 7 mil euros com o lema "marchar também é doar". A ideia é, mesmo sem a habitual marcha que costumava percorrer as ruas da cidade e que este ano se preparava para descer pela primeira vez a Avenida da Liberdade, "continuar a marchar" com donativos.

O dinheiro angariado será usado para ajudar "a comunidade LGBTI+ e também comunidades migrantes e de bairros periféricos, a comunidade cigana e pessoas trabalhadoras do sexo". Os donativos também podem ser feitos aqui.

Avenida Almirante Reis 238 A. Sex 15.00-22.00. Entrada livre, com sugestão de donativo para a marcha.

Últimas notícias

    Publicidade