Global icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Juicy: cozinha saudável que não é aborrecida
Notícias / Comida

Juicy: cozinha saudável que não é aborrecida

juicy
Fotografia: Arlindo Camacho

Fast food mas sem a conotação que conhecemos – aqui é rápido de fazer mas saudável e sustentável. O Juicy, na Baixa, era para ser um bar de sumos frescos orgânicos durante o dia e de cocktails à noite, mas entretanto Amaury Meunier – que não é vegetariano nem cozinheiro mas sim um DJ francês empreendedor e atento à pegada de carbono no mundo da restauração – chamou Christian Mongendre, um “green chef” sediado em Hong Kong, e o espaço ganhou uma ementa saudável composta.

 

Acoustic Avocado com abacate, tomate fresco, hortelã e molho de alho
Fotografia: Arlindo Camacho

 

 

Não há carne nem peixe e é tudo à base de plantas e de um juicy flat bread, um pão plano integral cuja massa pode ou não levar uma mistura de especiarias chamada za’atar, cozido num forno a lenha, e utilizado para uma espécie de wraps bem recheados (pequeno 4,50€, grande 8,50€). As propostas são maioritariamente vegan, como o acoustic avocado, com tomate fresco, abacate, hortelã e molho de alho ou o funky falafel, com falafel, pimentos assados e em pickle, pepino e molho tahini. Mas também há um disco cheese com queijo halloumi ou um groovy mushroom com omelete, espinafres, cogumelos salteados, cebola e molho aioli. Tal qual num fast food de sandes, pode ainda escolher a base (com ou sem especiarias), escolher quatro recheios e um molho – e pedir para levar, porque o serviço é mesmo rápido.

 

 

Chunky Avocado com esmagada de abacate, rabanete, mostarda de grão, rúcula e sumo de limão
Fotografia: Arlindo Camacho

 

 

“Eu sou francês, vou sempre comer o meu queijo mas acredito, enquanto dono de um restaurante, que tenho a responsabilidade de mudar a forma como as pessoas comem, ou pelo menos dar-lhes alternativas”, explica Amaury. O menu, disponível a toda a hora, inclui também tostas com uma receita de pão mais fácil de digerir, sopas do dia com legumes da Herdade do Freixo do Meio (3€) ou um prato mezze, com hummus, caviar de beringela, azeitonas, pickle de pimentos, salada e o tal pão plano (9€).

 

Sopa de aipo e beterraba
Fotografia: Arlindo Camacho

 

 

 

 

“Gosto de dizer que isto é tudo acidentalmente vegetariano. Nunca me foco em fazer algo vegetariano mas sim comida de alta qualidade que as pessoas vão comer e sentirem-se saciadas”, reforça Christian, em Lisboa para a primeira semana de abertura do Juicy. Claro que os sumos, feitos todos no momento, continuam a ter um papel central – há os funcionais, (4€), os shots de imunidade (3€) e os smoothies, que funcionam como refeição ligeira, snack ou sobremesa (5€). Mas sobremesas propriamente ditas há cookies (2,5€) ou uma taça de pudim de chia com bagas goji e morangos (5€).

 

 

Sumo de maçã, cenoura e gengibre (à esquerda) e de beterraba, cenoura e aipo (à direita)
Fotografia: Arlindo Camacho

 

 

 

 

A decoração do espaço foi toda pensada pela equipa do Studio Astolfi: tons terra de Marrocos misturam-se com um verde tropical, mas tudo com linhas curvas e orgânicas, seguindo a filosofia sustentável do espaço.

À noite, ganha outra vida – as lâmpadas dão para mudar a cor e a intensidade, há uma cabine de DJ no fundo, e à carta acrescem os cocktails. “Uma espécie de cocktails orgânicos”, diz Amaury, que tem uma mixologista expert a tratar desta parte da carta, e começou a produzir a sua própria cerveja na LX Beer. “É esse o ponto fulcral do Juicy. Estamos a servir comida saudável, vegetariana, mas isso não significa necessariamente que somos aborrecidos. Podemos divertir-nos”, ri-se Christian.

 

Cookies
Fotografia: Arlindo Camacho

 

 

A primeira semana de vida do Juicy será um soft-opening à séria, com 20% de desconto. A partir daí começará a haver uma programação de noite para transformar um Juicy realmente numa “experiência atractiva” e não só em mais um “restaurante vegetariano”.

Rua de São Julião, 70 (Terreiro do Paço). 21 073 8833. Seg-Sáb 09.00-22.00. 

Publicidade
Publicidade

Comentários

2 comments
Ícaro B

Juicy Lisboa, uma experiência a repetir over and over again. Grande variedade opções as quais ser moldaveis a todos os gostos, ambiente agradável e acolhedar e staff simpático e prestativo. Melhor vegano/vegetariano de Lisboa sem sombra de dúvidas, recomendo 100%.

Mariana A

Por acaso sou grande apreciadora de menus vegetarianos e adoro bons wraps, mas não me seduziram com estes, assim como senti o espaço muito impessoal.