A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
cigarro no chão
©Michael Webb/Pixabay

Junta de Freguesia de Campolide vai distribuir cinco mil cinzeiros de bolso

No próximo dia 3 de Maio, sai à rua uma acção de sensibilização da Junta de Freguesia de Campolide que vai distribuir cinco mil cinzeiros portáteis e sensibilizar a população.

Escrito por
Renata Lima Lobo
Publicidade

Atirar beatas de cigarros ou charutos para o chão dá multa, mas ainda há fumadores que não estão convencidos que pôr a beata no sítio certo só traz vantagens. Para o bolso e para o ambiente. Para tentar reduzir o número de beatas nas ruas, a Junta de Freguesia de Campolide vai distribuir cinco mil cinzeiros de bolso à população local, no próximo dia 3 de Maio, segunda-feira.

A acção, feita em parceria com a Imperial Brands (multinacional britânica de tabacos), começa às 11.00 na Praça de Campolide, pelo comércio e restauração da freguesia, sensibilizando os fregueses para a importância de manter a freguesia limpa e reduzir o impacto ambiental.

cinzeiro portátil
©DRO cinzeiro de bolso

Segundo dados publicados pela associação lisboeta Zero Waste Lab, são atiradas para o chão 7000 beatas por minuto, só em Portugal, num total de 10 milhões por dia. No final, este desperdício contamina o solo e a água, pondo em risco todos os serem vivos que a habitam. No mesmo prato da balança, o mau, está a multa para quem atirar beatas para o chão: vai dos 25€ aos 250€, um valor que pode chegar aos 1500€ para as empresas.

+ Lisboa já tem dois parklets. Não sabe o que é? Venha conhecê-los

+ Leia a edição desta semana: Meninos, prá mesa!

Últimas notícias

    Publicidade