Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Na Meia Gaiola fala-se sobre vinho com humor e conhecimento de causa
cursos e workshops de vinho
Fotografia: Kelsey Chance/ Unsplash

Na Meia Gaiola fala-se sobre vinho com humor e conhecimento de causa

A Meia Gaiola quer dar a conhecer e descomplicar os vinhos. O criador Paulo Abreu fala com humor e com a dose certa de tecnicismos.

Publicidade

Paulo Abreu já bebeu muito vinho e, com o tempo, foi aprendendo. Não tem formação na área, mas gosta de falar sobre o assunto, e foi por isso que criou a Meia Gaiola, um projecto de avaliação de vinhos, “numa linguagem divertida, descomplexada e sem termos técnicos de forma a transmitir ao comum consumidor quais as melhores opções na hora de escolher uma garrafa”.

Através do Instagram e do Youtube, o autor apresenta, em vídeo, uma selecção de vinhos e fala, de forma descomplicada e com humor, sobre vinhos, suas características e curiosidades. “A Meia Gaiola vem também criar uma disrupção na comunicação sobre vinho que, tendencialmente, é sempre feita de forma bastante técnica e quase direccionada apenas para quem domina a área da vitivinicultura”, segundo o criador do projecto.

Paulo reconhece que o universo dos vinhos muitas vezes parece complexo para quem não é entusiasta ou entendido na matéria. Termos como "castas" e "taninos" são recorrentemente usados em conversa sobre o assunto, mas poucos são os que realmente entendem a influência que têm nos vinhos bebidos. É altura de mudar isso.

Todas as semanas são lançados dois vídeos novos, que dão a conhecer dois vinhos. No Instagram, além das avaliações, há também outros conteúdos que puxam pelo conceito da Meia Gaiola. O “especialista de vinho na óptica do utilizador”, como se identifica, quer “partilhar os melhores vinhos” e criar a melhor “video-vinho-teca” do país. Como se estivesse sentado numa mesa entre amigos.

+ Leia a Time In desta semana e conheça as esplanadas da cidade

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade