A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
livros em segunda mão
Fotografia: Ramalhete

Neste Ramalhete há muitos livros em segunda mão à espera de uma casa nova

Dar uma nova história aos livros que estão à nossa volta. É este o propósito do Ramalhete, um novo marketplace que promete facilitar a compra e venda de livros em segunda mão.

Por Raquel Dias da Silva
Publicidade

Adora comprar livros em segunda mão, mas está farto da troca de mensagens e do risco de fraude? Carlos Almeida e Rita Godinho querem resolver-lhe o problema com o Ramalhete, uma plataforma de venda e compra de livros em segunda mão, que oferece toda a comodidade de uma loja online. “Acabaram-se as mensagens entre comprador e vendedor e as trocas de IBAN e de moradas”, garante o casal. “É tudo automático, seguro e confidencial.”

A ideia de negócio surgiu da frustração causada pela venda de livros noutros fóruns. “Quando estávamos a viver na Irlanda, começámos a comprar muitos livros em segunda mão e continuámos a fazê-lo no Luxemburgo. Ao voltar para cá tentámos vender alguns dos livros que fomos acumulando ao longo do tempo, mas era um processo muito frustrante, porque tínhamos de estar a trocar mensagens, a fazer transferências e envios de fotografias para comprovativo, a perceber se o livro vinha ou não vinha”, conta Rita, que voltou para Trás-os-Montes com o namorado o ano passado, depois de anos a trabalhar lá fora na área corporativa.

A partir de Vila Pouca de Aguiar, onde há tempo para “desacelerar”, decidiram inaugurar um marketplace, o Ramalhete, que foi lançado online esta semana, com quase uma centena de referências, divididas por quatro categorias principais – Ficção, Não Ficção, Inglês e Outras Línguas – e várias subcategorias, para facilitar a procura também por géneros literários. Para comprar, basta escolher o livro e mandar vir. Ao valor de venda, acresce-se sempre uma comissão única de 20% e a taxa de entrega (entre 1,50€ e 3,50€).

“A comissão serve para assegurar o reembolso do comprador caso haja fraude por parte do vendedor”, esclarece Carlos. “Depois de apurados todos os factos, enviaremos um exemplar novo do livro transacionado ou devolveremos o dinheiro da compra.” Além de garantir a segurança de todos os dados pessoais através de uma tecnologia de encriptação, Carlos e Rita também prometem pagamentos seguros, “graças ao software de transacção monetária da Stripe”.

Ainda há dúvidas? O Ramalhete tem uma página dedicada a explicar como tudo funciona, inclusive informação para quem quer ser vendedor. Não há nenhum processo de pré-selecção dos utilizadores nem do conteúdo adicionado, mas os anúncios podem ser modificados para ajudar o vendedor a atrair mais clientes ou suspensos no caso de suspeita de fraude, por exemplo.

+ Cinco caixas de subscrição com livros para todas as idades

+ Leia já, grátis, a edição digital da revista Time Out Lisboa

Últimas notícias

    Publicidade