A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
O Cantinho dos Póneis
O Cantinho dos Póneis

O Cantinho dos Póneis pede ajuda para manter as suas quintas a funcionar

As quintas pedagógicas em Sintra e no Pinhal Novo estão em risco de fechar. A associação está a pedir ajuda para as manter a funcionar e, sobretudo, para cuidar dos animais.

Por Raquel Dias da Silva
Publicidade

A associação Cantinho dos Póneis, que promove a vida no campo e o respeito pelos animais nas suas quintas pedagógicas em Sintra e no Pinhal Novo, está a passar dificuldades devido às restrições impostas pela actual pandemia, que não têm permitido o funcionamento normal das actividades necessárias para a sustentabilidade do projecto. “Estivemos fechados durante dez meses e abrimos em Outubro com experiências familiares, mas com os confinamentos, o recolher obrigatório e o mau tempo o movimento não tem sido suficiente”, revela Paulo Correia.

O pedido de ajuda, para suportar as despesas cada vez mais incomportáveis, foi feito através do Facebook no sábado, 12 de Dezembro, e até agora as respostas à publicação têm sido bastante positivas. “Quem já nos conhece tem ajudado inclusive com rações para os animais, que são um dos maiores custos que temos. Mas não foi possível amealhar no Verão, por isso no Inverno é ainda mais difícil”, acrescenta. “Se tivermos de fechar, teremos de doar os animais a quem tenha condições de cuidar deles.”

Para apoiar o Cantinho dos Póneis, poderá entregar rações ou feno directamente nas quintas pedagógicas ou encomendar na Hortozimbra Jardins através do e-mail (hortozimbra@gmail.com), mas também fazer donativos monetários através de transferência bancária (0018 0003 4327 8357 0202 7), paypal (geral@cantinhodosponeis.com) ou MBWay (918 173 490). Se preferir, existe ainda um programa de apadrinhamento (30€), com certificado, um bloco de notas e lápis de cores e ainda um boneco de animal da quinta.

Paulo Correia convida também as famílias a reservarem uma visita à quinta mais perto de si, em Sintra ou no Pinhal Novo. A marcação é feita online e as experiências familiares (a partir de 15€) incluem alimentar e interagir com as várias espécies de animais e tirar fotografias com um pónei e um burro, mas também o acesso a mesas de piquenique (pode levar lanche de casa), parque infantil e campo de futebol. 

+ Coronavírus. Como ajudar durante a pandemia

+ Subscreva a nossa newsletter para receber as novidades e o melhor da sua cidade

Últimas notícias

    Publicidade