Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right O Lux vai "entreabrir" já esta sexta
Terraço do Lux Frágil
©Luisa Ferreira/Lux

O Lux vai "entreabrir" já esta sexta

O Lux Frágil anunciou nas redes sociais a reabertura esta sexta-feira e sábado com DJ sets no terraço e no primeiro piso da discoteca.

Publicidade

Depois de seis meses de portas fechadas, o Lux anunciou a reabertura esta sexta-feira, 4 de Setembro, através de um post nas redes sociais. A partir das 17.00, os DJs residentes ocupam o terraço até às 21.00.

No primeiro piso haverá lives de Mbye Ebrima e GPU Panic, além do set dos DJs da casa (até à meia-noite). No sábado, Yen Sung estará no terraço (17.00-21.00) e no bar actuam HNRQ (também até à meia-noite) e Terra Chã.

"Há meio ano que nos é impossível esquecer o corpo. Esquecer as mãos, a boca, o espaço que se ocupa e o espaço que se quer desocupar. Dançar – o próprio acto de dançar, de existir em movimento perpétuo, com mais ou menos filosofia – tornou-se refém de normas, protocolos e policiamento. Dançar é uma ameaça à saúde pública. O que fazer com isto se a tua essência é dançar?”, escreveram os responsáveis num comunicado. “Chegou a altura de reverter a introversão do Lux e de transformar o novo normal no novo urgente.”

A discoteca anunciou a reabertura para concretizar vários espectáculos: concertos, performances, DJ sets, live acts, teatro, cinema, “o que nos apetecer”. “Os palcos do Lux não serão só do Lux, serão de quem os pisar. Mais que de braços abertos, estamos outra vez de pernas abertas.”

A 30 de Agosto já tinham recebido a pianista Joana Gama num concerto integrado n’A Boca do Lobo, um ciclo de música clássica com curadoria de Martim Sousa Tavares. A harpista espanhola Angélica Salvi é a próxima a subir ao palco, a 11 de Setembro.

+ Leia já a última edição digital e gratuita da Time Out Portugal

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade