Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right O novo brunch da cidade é drag e é na LX Factory
Notícias / LGBT

O novo brunch da cidade é drag e é na LX Factory

Drag Taste
©Gabriell Vieira Drag Taste

Fica na LX Factory e, além de um banquete de comida e mimosas, tem espectáculos drag todos os domingos. Fomos conhecer o Drag Taste.

O que até há bem pouco tempo era um segredo bem guardado de turistas, pode agora transformar-se no brunch mais divertido de Lisboa. No domingo passado, a Drag Taste, uma das experiências mais populares do Airbnb do mundo inteiro (cinco estrelas em quase 300 avaliações) começou a servir brunches. É uma forma de chegar aos portugueses.

Até agora, a empresa sita na LX Factory dedicava-se em grande parte a aulas de culinária e jantares/festas, animados por drag queens, transformando o público com maquilhagem e perucas. Desde o fim-de-semana que abre portas também para este Drag Queen Sunday Brunch. Uma iniciativa que promete ser um sucesso.

A casa está cheia, há poucos lugares livres nas mesas corridas e a plateia na manhã de estreia – uma novidade para quem está habituado a espectáculos drag no Finalmente a altas horas – inclui portugueses (pela primeira vez em maioria na Drag Taste), americanos, ingleses e russos. “Boa noite”, diz a anfitriã, a “queen mother” Teresa Al Dente, ainda com o fuso horário de outros espectáculos.

No Drag Queen Sunday Brunch os pratos e os copos nunca chegam a estar vazios – há uma rapariga que se encarrega de servir mimosas a toda a hora – mas o menu parece ser o menos importante. As atenções estão viradas para o pequeno palco em que, ao longo da manhã de domingo (entre as 11.00 e as 13.00, e em breve entre as 14.00 e as 17.00) actuam as drag queens da casa, com origem nos quatro cantos do mundo: Afrika (Colômbia), Karamel (Espanha), Irina Ganache (Rússia), Kiki Milano (Portugal), entre outras.

A ideia deste drag brunch partiu de Lorenzo e do marido, o russo Nikolay, este último apaixonado por maquilhagem e cultura drag. Em Junho deste ano, decidiram criar um projecto que os fizesse passar mais tempo juntos e que unisse as suas paixões. “A minha paixão sempre foi a comida, já dou aulas de culinária há mais de 12 anos e a minha empresa principal, o Tasty Studio, produz conteúdo de comida, fotos e vídeos”, conta Lorenzo. “Pensámos numa coisa que pudesse juntar a culinária e o drag.”

O que começou com aulas de culinária em casa, com transformação drag dos dez participantes que cabiam na mesa da sala tornou-se algo mais sério. “Depois de uma semana, começámos a ficar esgotados diariamente. Houve uma altura em que os vizinhos perguntaram se queríamos sair do prédio por causa do barulho e foi aí que começámos a procurar um espaço maior.”

Desde então já receberam perto de 1500 pessoas e há um mês mudaram-se para a LXFactory para conseguirem ter mais gente nas aulas de cozinha e poderem fazer o barulho que quisessem. A perto de 90€ por pessoa, as aulas “não são muito apelativas para o mercado nacional”, confessa Lorenzo. Foi a pensar nisso que criaram este brunch mais em conta (25€/pessoa).

“Foi uma maneira de ter os nossos portugueses a desfrutar de cultura drag e de boa comida”, continua. “Preparamos um buffet a sério, oferecemos bar aberto de mimosas e champanhe e temos shows contínuos a acontecer. Não existe nada em Portugal durante o dia que envolva drag queens, aqui até temos miúdos a correr de um lado para o outro.”

É provável que nos próximos tempos, consoante o número de reservas, o brunch aconteça também aos sábados.

Domingos, 11.30-13.30, 14.30-16.30. Lx Factory (Alcântara). 25€ (reserva online), 30€ à porta. + info e reservas: dragtaste.com

Publicidade
Publicidade