Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right O primeiro filme de Spielberg passa por Telheiras
Notícias / Filme

O primeiro filme de Spielberg passa por Telheiras

Steven Spielberg in Duel (1971)
Steven Spielberg em Um Assassino Pelas Costas (1971)

Arranca hoje o Ciclo de Cinema Na Estrada no Auditório da Biblioteca Orlando Ribeiro, que até ao final do mês se dedica ao cinema sobre rodas. A entrada é livre.

Organizado pelo projecto Osdois (composto por dois amigos que "passam a vida a trocar e a discutir filmes"), as quatro sessões do ciclo arrancam às 21.00, serão precedidas de uma breve apresentação de cada filme e o público é convidado a ficar à conversa no final.

A primeira volta da corrida começa esta terça-feira com Carro da Polícia (2015), um filme sobre um polícia (Kevin Bacon) que se torna o pior pesadelo de duas crianças que lhe roubam o carro. O filme conta ainda com Camryn Manheim (das séries The Practice ou Ghost Whisperer) e é realizado por Jon Watts (Spiderman: Homecoming).

Para 14 de Fevereiro, o filme não é romântico, mas é vencedor. Um dos mais famosos filmes do realizador iraniano Abbas Kiarostami é O Sabor da Cereja (1997), vencedor da Palma de Ouro do Festival de Cinema de Cannes que nos fala de um homem que guia o seu camião em busca de alguém que o enterrará silenciosamente sob uma cerejeira depois de se suicidar. Mas se procura algo com mais acção, salte para o dia 21 de Fevereiro.

Muita acção e pouca conversa. Um assassino pelas costas (1971), que roda a 21 de Fevereiro, é oficialmente a primeira longa-metragem de Steven Spielberg, já que poucos contam com Firelight (1961), uma espécie de ensaio amador em 8 mm para Encontros Imediatos de Terceiro Grau (1977), estreado no Phoenix Little Theatre. Lucro? Um dólar. Já o filme que vai poder ver nesta sessão acompanha um homem de negócios que é perseguido e aterrorizado por um motorista malévolo de um corpulento camião TIR. Um argumento de Richard Matheson (autor do livro I Am Legend, adaptado para cinema várias vezes) que nasceu de um conto que o próprio escreveu para a revista Playboy.

O ciclo termina a 28 de Fevereiro com Wendy & Lucy (2008), um drama de Kelly Reichardt que fez parte da selecção oficial de uma série de festivais. Wendy, que atravessa uma crise financeira, é a guardiã da cadela Lucy. Mas quando o carro onde seguiam avaria, Wendy é presa ao tentar roubar comida para a sua amiga num supermercado e é nessa altura que Lucy desaparece. Uma história para os corações mais fortes que fez parte da selecção oficial de uma série de festivais e ainda valeu um Palm Dog a Lucy, que é também o nome da patuda na vida real.

Publicidade
Publicidade