Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Olivier voltou à Costa da Caparica para abrir um bar e restaurante na praia de São João
Classico Beach Bar by Olivier
DR

Olivier voltou à Costa da Caparica para abrir um bar e restaurante na praia de São João

Olivier da Costa voltou às praias de São João da Caparica com o Clássico Beach Bar, um restaurante à beira da praia com peixe fresco, petiscos, palhotas e camas balinesas para descansar.

Publicidade

Olivier não é estranho ao mundo dos restaurantes de praia. Em 2015 abriu o primeiro Praia – Sea, Salt and Pepper na praia de São João da Caparica. Agora, no mesmo sítio, regressa com o Clássico Beach Bar by Olivier, com uma carta curta, atendimento rápido e personalizado e o mar no horizonte. Não há festas com sunset porque 2020 não permite, mas há peixe fresco, vinho rosé, bom ambiente e boa música.

A inspiração para este novo beach bar veio dos “melhores beach clubs internacionais”, diz, fazendo alusão às ilhas baleares Ibiza ou Formentera. A decoração é toda em tons branco e bege, a fazer parecer ainda maior e mais espaçoso do que já é (e como se quer nestes tempos), há candeeiros com conchas a pender do tecto, macramés e folhas de estrelícias gigantes a dar um ar mais tropical. O restaurateur, como gosta de ser chamado, foi buscar mobília antiga ao seu Olivier Avenida, pintou-a de branco, mandou fazer mesas em mármore branco e juntou-lhes cadeiras em verga, tem um deck para estar mais perto do areal e ter mais mesas e ainda camas balinesas, daquelas que habitualmente vê no Instagram dos viajados, para relaxar com um cocktail na mão, já no pós-refeição.

Classico Beach Bar by Olivier

 

Arroz negro de chocoDR

 

O menu, disponível por QR code, não é muito grande, para não dispersar. O couvert tem pão de fermentação lenta, tostas, um guacamole fresco com lima e hummus (5€ por pessoa). Nas entradas há clássicos que nunca falham e vão bem em qualquer dia de Verão, como as amêijoas à Bulhão Pato (22€), o camarão al guilho (22€) ou o choco frito (14€), bem como os carpaccios que Olivier já deu a conhecer noutros restaurantes seus, aqui de polvo ou beterraba (14€). 

As especialidades da casa para almoço ou jantar cedo (fecha às 21.00) são a feijoada de camarão ou o arroz de choco (42€ para duas pessoas). Neste último pode fazer “upgrades” e pedir para acrescentar ora carabineiro, ora lavagante. E acredite que é uma dose para dois que dá, à vontade, para três. 

Há também peixe fresco, que vai variando consoante a apanha do dia, e aqui pode contar com serviço personalizado – no Clássico, tratam-lhe da papinha toda, tiram os lombinhos do peixe à sua frente e é só comer, sem espinhas.

Na ementa há também carnes como o acém maturado (23€), o chuletón ou o hambúrguer de wagyu (18€), este último também pode ser servido nas camas ou nas palhotas, onde existe uma carta do restaurante mais abreviada, mais focada nos snacks.

Para acompanhar tudo isto há sangrias docinhas, como a de maçã verde com cidra (26€) ou a de champanhe com frutos vermelhos (75€), que também pode pedir a copo, cocktails de assinatura com e sem álcool e aperitivos. Na carta de vinhos, bem completa, a aposta vai para os rosés “muito servidos em Ibiza” – neste campeonato, a sugestão é o Whispering Angel, produzido na Provence.

Se ainda tiver espaço antes de voltar ao areal, espreite as sobremesas, onde além de gelados Ben and Jerry’s, há uma tábua com um pijaminha de doces, com torta de laranja, molotof, mousse de kit kat e fruta fresca.

Ao final da tarde, à banda sonora que vai acompanhando o dia, junta-se um DJ para música ao vivo. 

Praia de São João da Caparica. 92 719 4906. Seg-Dom 10.30-21.00.

+ Leia aqui a edição Time In desta semana e descubra as novas esplanadas de Lisboa

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade