A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Ópera Fest Lisboa
Ópera Fest Lisboa

Óperafest Lisboa está de volta à cidade

A programação de Verão do Festival de Ópera de Lisboa promete cruzar experiência e sangue novo na conquista de novos públicos.

https://media.timeout.com/images/105796494/image.jpg
Escrito por
Raquel Dias da Silva
Publicidade

A 2.ª edição do Óperafest vai realizar-se entre 20 de Agosto e 11 de Setembro, sempre às 21.30, no Jardim do Museu Nacional de Arte Antiga. A programação, que “conjuga lágrimas, mistério e utopia”, contempla grandes clássicos, estreias e criações inéditas de artistas nacionais.

O festival arranca a 20 de Agosto, com Madama Butterfly, de Puccini, sobre o amor trágico entre a gueixa de Cio-cio San e o tenente americano da marinha mercante Pinkerton. Com encenação da coreógrafa Olga Roriz, o espectáculo poderá ser visto também nos dias 21, 23, 25 e 27 de Agosto (10€-50€)

Do outro lado do mundo, algures numa América urbana, surge A Médium, de Gian-Carlo Menotti (28 e 29 de Agosto, 7,50€-35€). Em estreia em Lisboa, na primeira incursão no mundo da ópera da actriz e encenadora Sandra Faleiro, poderá assistir a uma das óperas de maior sucesso do compositor italo-americano, sobre uma médium farsante que acaba por sucumbir à sua própria armadilha.

Nos dias 3 e 4 de Setembro, temos dose dupla (7,50€-35€). Primeiro Mahagonny Songspiel, que marca a primeira colaboração Brecht/Weill, uma sátira implacável aos ideais do capitalismo. Depois, tendo o bar e o whiskey como pontos em comum, cem anos mais tarde, a ópera em estreia absoluta da compositora Ana Seara, a partir do conto Até que a morte nos separe, de Ana Teresa Pereira, num argumento de irresistível filme noir, pela mão do encenador António Pires.

Mais tarde, a 7 de Setembro, Alma em Fogo (15€-30€) apresenta uma galeria de heróis e anti-heróis, com convidados internacionais e árias incontornáveis. No programa, destaca-se ainda a Maratona Ópera XXI, que apresenta a 2.ª edição do Concurso para Novas Árias (10€), a 9 de Setembro. Mas há também várias outras propostas que extravasam o que acontece em palco, como as aulas de canto para curiosos da Ópera Satélite (28-29 de Agosto e 3-4 de Setembro, 11.00-17.00). Para encerrar, há a rave operática Mostra-me o Caminho para o Próximo Bar (11 de Setembro, 7,50€-15€).

Jardim do Museu Nacional de Arte Antiga. Seg-Sáb 21.30, vários preços. Bilhetes no site da Ópera Fest

+ Nove óperas de Verdi que precisa de ouvir

+ ‘A Menina do Mar’ é a protagonista do novo disco de Bernardo Sassetti e Beatriz Batarda

Últimas notícias

    Publicidade