Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os Dark Horses comemoram dez anos com uma festa aberta ao público
Notícias / LGBT

Os Dark Horses comemoram dez anos com uma festa aberta ao público

Dark Horses
DR

A equipa de râguebi inclusiva, a única no país, comemora este sábado dez anos de vida com uma festa aberta ao público nos seus patrocinadores: o bar Tr3s, o Finalmente e a sauna Trombeta Bath. Falámos com um dos fundadores da equipa.

Em 2019, no primeiro treino dos Dark Horses, apareceram 22 pessoas. “Nenhuma delas tinha alguma vez jogado râguebi na vida”, conta Gonçalo, um dos fundadores da equipa que agora está na segunda divisão nacional.

A ideia de criar uma equipa inclusiva foi de Filipe Santos, ex-jogador de râguebi (na verdade era o único que realmente sabia jogar), e que se tinha acabado de mudar do Porto para Lisboa. “Ele queria encontrar um sítio onde pudesse jogar, mas queria fazê-lo numa equipa onde as questões relacionadas com a orientação sexual não fossem um assunto”, explica Gonçalo. “Na realidade todas as equipas desportivas e de râguebi são anti-discriminatórias, mas muitas vezes a realidade não é assim.”

A Dark Horses começou por se chamar Boys Just Wanna Have Fun, que hoje é o nome da associação que participa nos Gay Games, com várias equipas inclusivas de modalidades como a natação, o atletismo, o volley, a corrida, o futebol e até o tango.

“Na altura era muito difícil encontrar outras equipas que quisessem jogar connosco”, conta Gonçalo. “Ou porque tinham mais experiência ou porque sabiam quem éramos.” Decidiram, então, e para ganhar “experiência de jogo”, criar um torneio internacional de Verão, o Pitch Beach, que em Julho também chegou à 10.ª edição, com equipas semelhantes de outros países.

O problema foi quando começaram a jogar com equipas vizinhas, no campeonato nacional de equipas emergentes. “Apanhámos equipas que diziam que não queriam jogar connosco porque ‘não jogavam contra paneleiros’”, recorda Gonçalo. “Ou que nos agrediam fisicamente dentro de campo de forma mais escondida.”

Era normal serem derrotados por muitos pontos, até começarem a empatar, depois a ganhar e a “conquistar o respeito de outras equipas”. “Nunca desistimos e conseguimos mostrar em campo que a nossa única intenção era que o râguebi em Portugal crescesse e que houvesse mais praticantes independentemente do sítio de onde vêm.”

Hoje em dia, os Dark Horses são uma equipa satélite do Belas Clube de Rugby e participam em torneios internacionais, inclusive na Austrália e nos Estados Unidos.

No sábado, comemoram dez anos de vitórias dentro e fora de campo nos espaços que os patrocinam financeiramente: o Finalmente Club, o bar bear Tr3s e a sauna gay do Bairro Alto Trombeta Bath. A noite começa com um copo no TR3S, por volta das 23.30, prolonga-se até ao vizinho Finalmente, e acaba já madrugada dentro na Trombeta.

A equipa – tal como outras da Boys Just Wanna Have Fun – está sempre a aceitar novos membros. Os treinos recomeçam em Setembro.

Sábado, a partir das 23.30, no Príncipe Real. Grátis. Mais info sobre a equipa em bjwhf.weebly.com.

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments