Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Palácio de São Bento abre as portas ao design português
Notícias / Vida urbana

Palácio de São Bento abre as portas ao design português

Duas cadeiras de Maria Keil e, ao fundo, os cadeirões de Marco Sousa Costa
PAULO VAZ HENRIQUES Duas cadeiras de Maria Keil e, ao fundo, os cadeirões de Marco Sousa Costa

Exposição na residência oficial do primeiro-ministro inaugura este sábado e mostra uma representação do design nacional. Vai continuar a abrir ao público no primeiro domingo de cada mês.

O Palácio de São Bento, em Lisboa, residência oficial do primeiro-ministro, vai acolher, a partir deste sábado, a exposição “Design em São Bento – Traços da Cultura Portuguesa”, que percorre a história do design português. A selecção de 85 peças de mobiliário, luminária, têxteis e objectos decorativos tem a curadoria de Bárbara Coutinho, directora do Museu do Design e da Moda (MUDE), e mostrará obras de Almada Negreiros, Álvaro Siza, Vhils, Daciano da Costa, Maria Keil, entre outros. Ao todo, estarão representados 41 artistas, numa iniciativa feita em parceria com a câmara de Lisboa e com a colaboração de empresas, museus e colecções privadas.

António Costa inaugurará a exposição neste sábado, às 16.00. A partir de Fevereiro a residência oficial do chefe de governo estará aberta ao público nos primeiros domingos de cada mês, com visitas guiadas à exposição que inclui peças que datam do século XII ao século XXI. A primeira acontece este domingo, a partir das 11.00. Será sempre grátis.

De há três anos para cá, a residência oficial do primeiro-ministro recebe a cada feriado do 5 de Outubro a iniciativa "Arte em São Bento", uma selecção de obras de arte com curadoria de personalidades do meio. Este ciclo acontecerá, a partir de agora, em simultâneo com a mostra de design em São Bento, que estará patente até 30 de Junho de 2021.

 + As melhores obras de design e arquitectura em Lisboa

Publicidade
Publicidade