A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Rock club
Photograph: Courtesy Unsplash/ErnAn Solo

Quer ajudar os músicos? Nesta plataforma paga para os ouvir

https://d32dbz94xv1iru.cloudfront.net/customer_photos/14d3bbef-59cc-4753-a960-2f64c64804b1.jpg
Escrito por
Sebastião Almeida
Publicidade

Campanha lançada por um grupo de amigos pretende garantir rendimento aos músicos que actuam desde casa e oferece conteúdos extra aos subscritores.

Desde que a pandemia ganhou força, os concertos de música, tal como o resto das actividades, foram suspensas. Dois amigos tiveram então a ideia de criar um movimento para promover a realização de concertos pagos, sem ser como os muitos que se assistem ultimamente em streaming, com os artistas a não serem pagos. Chamaram-lhe “Música da Casa”, num óbvio trocadilho com a sala de espectáculos da Invicta. Mas o objectivo é apenas o de reunir dinheiro, através de um crowdfunding, para que os interessados possam desfrutar de boa música, com a certeza que quem a entrega recebe por ela.

Len Cruise, economista de Alcobaça, e Vasco Sousa, professor de matemática em Valado dos Frades, juntaram-se a Jorri, amigo músico que vive em Coimbra e lançaram a campanha. A plataforma no Patreon dispõe de três valores de mensalidades. A inicial (5€), dando direito a dois a quatro concertos por mês. Quando os concertos passarem a ser ao vivo, também dará acesso aos eventos. As restantes mensalidade (10€/mês e 15€/mês) terão ainda benefícios, como tshirts, discos e convívios com os músicos.

A Música da Casa “não terá uma programação exaustiva, pois não tem financiamento nenhum a não ser a mensalidade paga pelos subscritores”, explicam. Em Abril estão previstos, pelo menos, dois concertos, e no mês seguinte quatro ou cinco. Até ao momento já está confirmada primeira actuação de Fast Eddie Nelson, músico da Margem Sul, em data a anunciar.

Em Maio, estão a pensar alargar o tipo de conteúdos. Começar um videoblog, “em que os técnicos de som, de luz, de palco, roadies contam histórias sobre a sua vida na estrada e nos palcos”, e assim dar visibilidade a quem é tão essencial para que tudo aconteça como estamos habituados. Poderá consultar mais informação na página de Facebook do evento ou no perfil do Patreon.

+ Leia grátis a revista Time In desta semana

+ Um disco de música portuguesa por dia

Últimas notícias

    Publicidade