A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
fotografia
Fotografia: Primeira Luz

Sessão grátis no Planetário dá a conhecer outros mundos da Via Láctea

Por Raquel Dias da Silva
Publicidade

A Agência Espacial Europeia lançou em Dezembro a missão Cheops, para caracterizar exoplanetas fora do nosso sistema solar e fornecer informações importantes sobre a natureza desses mundos alienígenas distantes. Mas como são detectados se estão tão longe de nós? O Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço convida os mais curiosos a descobrirem (quase) tudo numa observação astronómica no Planetário Calouste Gulbenkian.

As Noites no Observatório acontecem todos os últimos sábados de cada mês em parceria com o Planetário Calouste Gulbenkian. A próxima sessão, dedicada “À Descoberta de Outros Mundos”, está marcada para 29 de Fevereiro e é particularmente especial. O astrónomo Sérgio Sousa, que representa Portugal no comité técnico e científico do Observatório Europeu do Sul, estará presente para desvendar mais sobre a missão Cheops, lançada em Dezembro pela Agência Espacial Europeia, para investigar planetas conhecidos para além do nosso Sistema Solar.

Sabia que o Nobel da Física de 2019 foi atribuído às descobertas sobre a evolução do Universo e os novos exoplanetas fora do nosso sistema solar? O número de planetas extra-solares conhecidos tem vindo a crescer desde 1995. Mas, mais fascinante do que o número e novos mundos na nossa galáxia, é a diversidade de planetas e o papel que esse conhecimento representa na revolução das teorias da formação e evolução de sistemas planetários. 

“Nesta sessão das Noites no Observatório, vamos descrever os métodos usados com mais sucesso pelos Astrónomos para detectarem e caracterizarem os planetas extra-solares. Como são detectados? O que podemos saber sobre estes planetas tão longe de nós? Será dado um foco especial à missão Cheops da Agência Espacial Europeia que foi lançada em Dezembro e está neste momento em fase final de testes antes de começarem as observações científicas”, lê-se no site do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço.

A sessão terá início com uma palestra às 21.30, seguindo-se um espectáculo de música e efeitos na cúpula do Planetário Calouste Gulbenkian. As observações astronómicas vão decorrer continuamente até às 00.00, se as condições meteorológicas assim o permitirem. Mas, apesar de o acesso ser gratuito, a participação nesta actividade querer uma inscrição online.

Planetário Calouste Gulbenkian, Praça do Império (Belém). Sáb 21.30-00.00. Grátis.

+ Os melhores sítios para ver as estrelas em Lisboa

Últimas notícias

    Publicidade