A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Subida do Rio Coina
© Câmara Municipal do BarreiroSubida do Rio Coina

Subir o Coina? Não é brincadeira, é a sério – e é para promover uma zona húmida

As inscrições estão abertas. Pode participar a bordo de uma embarcação tradicional ou própria, e até de caiaque e paddle.

Raquel Dias da Silva
Escrito por
Raquel Dias da Silva
Publicidade

O rio Coina nasce na Serra do Risco, no Parque Natural da Arrábida, e desagua num braço do Tejo junto ao Barreiro, a jusante de Coina. Para promover o seu sapal, uma zona húmida de 160 hectares que se encontra integrada na Reserva Natural Local, a Câmara Municipal do Barreiro volta a organizar a popular Subida do Rio Coina, em parceria com o Centro de Educação Ambiental e o Grupo Desportivo dos Ferroviários do Barreiro e com o apoio da Marinha do Tejo. A 19.ª edição realiza-se no próximo mês de Junho, no dia 2. As inscrições abriram esta quarta-feira, 15 de Maio.

Sapal do Rio Coina
© Câmara Municipal do BarreiroSapal do Rio Coina

Se quiser participar a bordo de uma das embarcações tradicionais, deverá dirigir-se, no dia da subida, ao pontão de embarque da Transtejo Soflusa, localizado em frente à estação da CP – Comboios de Portugal, no Terminal Rodo-Ferro-Fluvial do Barreiro, pelas 10.30. A entrada far-se-á por ordem de chegada, com partida prevista para as 11.00. Mas, atenção, é possível participar com embarcação própria e até de caiaque ou paddle. Neste caso, o embarque realiza-se no hangar dos Ferroviários do Barreiro. Já o regresso, está previsto para as 12.30, seguindo-se um breve momento de convívio.

As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias e devem ser feitas através da Linha Verde 800 912 070, que funciona de segunda a sexta-feira, das 09.00 às 12.30 e das 14.00 às 17.30. Só são aceites um máximo de quatro inscrições por pessoa.

A Time Out é linda! Junte-se a nós no Santo António à la Time Out

+ “Abate abusivo” de árvores deixa Parque Natural de Sintra-Cascais de luto

Últimas notícias

    Publicidade