A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
The Gift
Rita Barradas

The Gift lançam aplicação que reúne discografia e conteúdos exclusivos

Plataforma chama-se REV e é lançada esta quinta-feira com um concerto transmitido em directo. Além do catálogo da banda, é possível ter acesso a conteúdos exclusivos.

Por Sebastião Almeida
Publicidade

As plataformas de streaming vieram para ficar e saíram ainda mais reforçadas com as limitações ditadas pela pandemia. Numa tentativa de se adaptarem aos tempos que vivemos, os portugueses The Gift criaram uma aplicação de streaming na qual reúnem todo o catálogo da banda e alguns conteúdos exclusivos. A plataforma chama-se REV e é lançada esta quinta-feira com um concerto transmitido a partir do Cine-Teatro de Alcobaça.

“A REV é para os The Gift o passo seguinte. Disponibilizar tudo o que fizemos num único sítio, fazer chegar 25 anos de carreira directamente aos fãs. Mas é também olhar em frente e poder dar a conhecer, de uma forma única, aquilo que faremos pela primeira vez, com total liberdade para criar, fazer e refazer. Conteúdos únicos desenhados por nós, entrevistas e muitas outras ideias que nos entusiasmaram a partilhar com todos os que nos acompanham”, desvenda Sónia Tavares, vocalista do grupo.

A primeira aplicação do género no mercado terá disponível toda a obra da banda, músicas inéditas, uma rede social própria, dará acesso a alguns dos mais emblemáticos espectáculos de The Gift, bem como documentários e programas apresentados pelos músicos. A aplicação será actualizada semanalmente com novos conteúdos.

A partir de 21 de Janeiro, ficarão disponíveis os primeiros episódios de quatro rubricas originais: Driving You Slow, com uma entrevista de Sónia Tavares a César Mourão; Intercontinental, em que John Gonçalves entrevista o músico e compositor Pierre Aderne; Quem é Quem, um podcast conduzido por Nuno Gonçalves; e Local – Miguel Ribeiro escolhe a sardinha para estrear a rubrica que dará voz e imagem às vidas por trás de cada produto local. A 23 de janeiro estreia-se o programa Mesa Pra 4, uma magazine cultural sobre as escolhas dos músicos; e a 25 é a vez de Na Pele De, em que Sónia Tavares se põe na pele dos artistas que mais ouve e começa por interpretar David Bowie.

A plataforma terá uma versão gratuita que reúne a discografia do grupo e uma versão paga, que dá acesso aos conteúdos exclusivos. É possível pagar 24,99€ por seis meses, com a oferta de um mês; ou fazer uma subscrição anual, por 44,99€, com um desconto de 15€.

 + Os melhores álbuns nacionais de 2020

+ Um disco de música portuguesa por dia

Últimas notícias

    Publicidade