A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Uma carta aberta às imobiliárias
Inês MartinsUma carta aberta às imobiliárias

Uma carta aberta aos abutres das imobilárias

Por O Provedor
Publicidade

De certeza que a vossa caixa de correio já foi invadida por uns divertidos panfletos com a mensagem: “Temos muitas pessoas interessadas no seu imóvel”. Por regra, cada um desses prospectos contém uma foto de um agente imobiliário de braços cruzados e um sorriso branqueado à custa de chorudas comissões.

Esta é a abordagem mais comum destes proactivos comissários da especulação imobiliária. Mas há outras: os originais brindes da agência (do sempre prático íman de frigorífico à esferográfica, do tapete de rato à pen USB) e as acções de sensibilização porta a porta.

Nestes momentos de telemarketing ao vivo, os agentes ou os seus enviados elogiam a qualidade do nosso imóvel e contam fábulas encantadoras sobre os seus clientes franceses que terão todo o gosto em adquiri-lo por números estratosféricos.

E depois, é claro, há os cartazes espalhados pela cidade com as reluzentes fronhas destas senhoras e senhores, como se as varandas de Lisboa se tivessem transformado numa deprimente caderneta de cromos.

O Provedor do Lisboeta é um vigilante dos hábitos e manias dos alfacinhas e de todos aqueles que se comportam como nabos e repolhos nesta cidade. Se está indignado com alguma coisa e quer ver esse assunto abordado com isenção e rigor, escreva ao provedor: provedor@timeout.com.

+ Uma carta aberta aos vizinhos que não separam o lixo.

Últimas notícias

    Publicidade