A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Pinheiro Bombeiro 2021
©DRPinheiro Bombeiro

Verdadeiro, solidário e sustentável: o Pinheiro Bombeiro está de regresso

São as árvores natalícias mais sustentáveis de Portugal e estão de volta para dar melhor ambiente à quadra que se aproxima.

Escrito por
Renata Lima Lobo
Publicidade

O Pinheiro Bombeiro, uma iniciativa da startup portuguesa Rnters, nasceu em 2017 para apagar fogos em várias frentes: manter os terrenos limpos, prevenir incêndios e ajudar os Bombeiros Voluntários Portugueses que representam 80% da força de combate aos incêndios em Portugal. Pelo caminho, os pinheiros a sério dão um ar mais fresco às decorações de Natal lá de casa ou mesmo da empresa. E estão de volta este ano.

A estação de aluguer de Pinheiros Bombeiros já abriu no site oficial da iniciativa, onde é possível alugar um pinheiro por 20€ até ao dia 19 de Dezembro. E por alturas do Dia de Reis, o pinheiro terá de ser devolvido para cumprir um dos objectivos finais da iniciativa: ser transformado em biomassa. Do preço total, 5€ revertem para a Associação Portuguesa de Bombeiros Voluntários que assim pode adquirir mais material de combate aos incêndios.

Lembramos que os pinheiros não são tirados da natureza sem qualquer outro propósito. São cortados para manter os terrenos limpos e prevenir incêndios. Neste caso, são resultado de uma limpeza de um terreno na zona de Coruche, distrito de Santarém. Desde a última edição que também é possível encomendar enfeites para a árvore, que podem ser adicionados ao carrinho da encomenda. Por agora, o aluguer só pode ser feito online, no site oficial, mas brevemente será possível escolher o seu Pinheiro Bombeiro ao vivo, num local a anunciar.

Em cinco edições, o Pinheiro Bombeiro já doou 96 mil euros em material para os Bombeiros Voluntários e distribuiu mais de mil máscaras e luvas pelos 18 distritos portugueses.

+ Leia já, grátis, todas as edições digitais da Time Out Portugal

+ O Mercado de Natal de Alvalade está de regresso à Avenida da Igreja

Últimas notícias

    Publicidade