A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Websummit
©Mel Maclaine

Web Summit arranca esta quarta-feira, exclusivamente online

Feira realiza-se até sexta-feira e traz algumas novidades no ecossistema online. Estes são alguns dos destaques para os três dias.

Por Sebastião Almeida
Publicidade

A Web Summit começa esta quarta-feira, mas a presente edição traz algumas novidades em relação aos anos anteriores. A começar pelo formato exclusivamente online, que dá acesso a palestras, debates e aulas aos mais de 100 mil participantes. Apesar do cariz virtual da feira, a autarquia lisboeta mantém, na íntegra, o financiamento de 11 milhões de euros atribuído nas edições anteriores. E quem tiver adquirido ingresso para a edição deste ano, recebe outro para edição física que se realiza em 2021.

Este ano, ao invés dos tradicionais palcos, há seis canais que transmitem as várias intervenções dos convidados. Outra das novidades é a chegada do Mingle, um formato digital de reuniões virtuais que pretende juntar desconhecidos com base na semelhança de perfis apresentados. Os encontros são breves, gerados por algoritmos, mas se a conversa tiver corrido bem há a possibilidade de a repetir. O Canal Portugal é também novo e conta com a representação de membros do Governo e de alguns dos directores das startups nacionais mais importantes, pondo em debate o futuro do país.

Logo no primeiro dia do evento, a presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, fala sobre o estado actual da Europa e do seu futuro. Tim Berners-Lee, o criador da world wide web, debate o estado do universo que criou. Mais tarde, é a vez de Liang Hua, presidente da Huawei, falar sobre as potencialidades da nova tecnologia 5G. Young Sohn, presidente da Samsung, vai dar a conhecer as possibilidades da inteligência artificial no futuro.

Na quinta-feira, Eric Yuan, o fundador da plataforma Zoom, é o convidado para falar sobre as tecnologias digitais e o seu impacto na realidade da pandemia. Outro tema ainda quente são as eleições americanas. É por isso que Nick Clegg, vice-presidente de assuntos estrangeiros e de comunicação do Facebook, expõe os desafios de gerir uma rede social que, muitas vezes, é palco de desinformação e onde se jogam importantes vitórias políticas. Brad Smith, presidente da Microsoft, fala também sobre segurança e privacidade online na actualidade.

No último dia do evento, a competição de startups é um dos pontos altos, com as novas empresas a poderem apresentar-se a potenciais investidores. Em matéria de oradores, a comissária Europeia da Concorrência, Margrethe Vestager, e o presidente do Banco Europeu de Investimento, Werner Hoyer, estão em destaque. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, discursa ao final do dia, encerrando a feira.

Consulte aqui os horários completos das intervenções ao longo dos três dias de feira.

+ Leia grátis a Time Out Portugal desta semana

+ Startups que estão a mudar a cidade

Últimas notícias

    Publicidade