Aldeia

Restaurantes Bairro Alto
Aldeia
Fotografia: Manuel Manso

Há uma aldeia dentro do Bairro alto que ninguém (até agora) conhecia. Atrás das portas envidraçadas do mais recente restaurante da zona, aberto em Outubro, em secretismo, há estantes com vinhos portugueses, presuntos em cima do balcão e louças Bordallo Pinheiro presas à parede. Mesmo à entrada, dentro de um aquário, lagostas, lavagantes e alguns camarões agitam-se dolentemente ao som de “Os Putos”, de Carlos do Carmo, que se ouve baixinho por todo o restaurante. E, mesmo em frente destes, atrás de uma vitrina, queijos italianos e enchidos minhotos convivem harmoniosamente.

“Este espaço surgiu no seguimento da nossa garrafeira Alfaia, que foi um dos primeiros espaços em Lisboa a ter vinho a copo. Mas como lá só temos 20 lugares e queríamos um espaço onde as pessoas pudessem petiscar e conviver, decidimos abrir o Aldeia, que aposta sobretudo nos mariscos portugueses”, conta Hilário Prego de Castro, o dono, que começou a pensar neste projecto há cinco anos.

Assim sendo, as ostras – que repousam sobre uma banca de gelo ao lado de sapateiras, mexilhões e grossas postas de bacalhau – vêm do Algarve, tal como as amêijoas. As gambas também são nacionais, bem como muitos dos bivalves que vêm de viveiros de Setúbal e da Lourinhã.

A carta começa, então, com mexilhões em boa cebolada e tomate (11,95€), açordas com lavagante, gambas e recheio de sapateira (22,95€) e cataplanas de marisco (49,95€). Depois, passa para os pratos de bacalhau com broa e espinafres (16,95€) e polvo à lagareiro (12,95€) e daí para os bitoques do lombo (11,95€), pregos e sandesTermina com pudim Abade de Priscos (4,95€) e mousse de chocolate (4,50€).

Publicado:

Nome do local Aldeia
Contato
Endereço Travessa da Queimada, 30
Lisboa
1200-365
Horário Seg-Sáb 12.00-02.00
É o proprietário deste estabelecimento?

You may be interested in:

LiveReviews|0
1 person listening