0 Gostar
Guardar

Bairro do Avillez: dez pratos que tem de provar

Não comemos durante dois dias para termos a certeza de que tínhamos barriga para tudo. A Time Out foi ao Bairro do Avillez eleger os dez melhores pratos do novo espaço do chef

©Paulo Barata

É fácil perceber onde fica o Bairro do Avillez. O entra e sai constante do número 18 na Rua Nova da Trindade denuncia-o a vários metros de distância. O novo espaço, aberto em Agosto, além de uma mercearia mesmo à entrada e de uma mezzanine que abrirá em breve, tem dois restaurantes: a Taberna e o Pátio. As cartas de ambos são diferentes, mas é possível comer de tudo, em todo o lado, inclusivamente alguns dos pratos mais clássicos do chef, como a empada de cozido à portuguesa que tanto sucesso faz no Cantinho do Avillez. Os preços, esses, estão ao nível da carteira da nossa classe média alta. 

As nossas escolhas

Portuguesinha - empada de cozido à portuguesa

Portuguesinha - empada de cozido à portuguesa

Seja no Café Lisboa, seja no Cantinho do Avillez, a empada de cozido de Avillez é um dos seus bestsellers desde há muito. E por boas razões: o recheio tem o sabor dos enchidos, sem demasiada gordura ou sal, tudo envolvido numa massa consistente e gulosa. Preço: 4,5€.

Sanduíche de leitão

Sanduíche de leitão

É servida em bolo do caco, à semelhança do prego do lombo, da bifana de atum e da de porco alentejano. A carne desta sanduíche de leitão, que é já um dos petiscos mais pedidos da casa, é cozinhada a baixa temperatura e acompanhada de pickles caseiros de alga tosaka e salicórnia. Preço: 9€.

Alfacinha de bacalhau crocante

Alfacinha de bacalhau crocante

Avillez pegou nos já conhecidos nuggets de bacalhau do Café Lisboa, encaixou-os dentro de uma folha de alface crocante, deitou cenoura ralada e cebola roxa (em conserva?) por cima e finalizou com toppings de maionese de alho e molho de tomate. Sim, isto é um cachorro e é para comer à mão. Preço: 5€.

Polvo com alho e molho kimchi

Polvo com alho e molho kimchi

É uma derivação asiática do polvo à galega. Tem a mesma apresentação, com o molusco cortado em rodelas uniformes, mas em vez do pimentão picante Avillez procurou o mesmo efeito com kimchi, o molho coreano à base da fermentação de vegetais e malagueta. Preço: 9€.

Corvina com migas

Corvina com migas

O peixe traz um escabeche aromático e colorido de vegetais e gengibre em cima, mas são as migas de linguiça que conquistam o coração e prometem ficar na memória: bem seladas por fora e bem apuradas por dentro, não são secas nem gordurosas, não são pesadas nem leves. São perfeitas. Preço: 22,50€.

Pipocas de coirato picantes

Pipocas de coirato picantes

São o snack ideal para acompanhar uma cerveja gelada – aqui há várias artesanais, com o selo da Super Bock. Não têm a aparência exacta de uma explosão de milho, mas são igualmente brancas, crocantes, com um leve sabor de coirato e um bom tempero. Preço: 2€.

Ceviche de tremoço

Ceviche de tremoço

É um dos muitos petiscos que a Taberna tem para oferecer. É feito com tremoço e milho frito e fica a marinar num leite de tigre composto por sumo de lima, cebola roxa, coentros, malagueta, sumo de tremoço e proteína de peixe. É ácido q.b. e ligeiramente picante. Preço: 3€.

Gamba da costa com flor de sal

Gamba da costa com flor de sal

São 150 g de gambas portuguesas temperadas com flor de sal Salmarin do Algarve e escaldadas em água quente. São cozidas, mas não muito,  já que vêm para a mesa a roçar o cru. Pode ainda pedi-las com alho e malagueta. (17,50€/250 g). Preço: 12€.

Salame de chocolate

Salame de chocolate

Apesar de a receita ser aparentemente simples, é uma tarefa hercúlea encontrar um bom salame em Lisboa. Não procure mais. Ei-lo. Chocolate do bom, bolacha, açúcar na dose certa e pistáchios em pequenos pedaços – o toque Avillez da receita. A dose é tão pequena que é altamente desaconselhável pedir para dividir. Preço: 2€.

Maracujá com sorvete de coco

Maracujá com sorvete de coco

Um coco partido ao meio aterra na mesa, com gelado de coco – de textura suave e sabor intenso – no fundo e uma esfera arroxeada em cima. A bola parte-se ao toque da colher como se fosse um ovo de chocolate (não é – é de maracujá), revelando uma mousse amarela e espumosa. Uma combinação tão fresca que não nos importávamos de resumir a refeição a esta pequena metade de coco. Preço: 7,50€.

Comentários

0 comments