Café com Calma

Restaurantes, Português Marvila
4 /5 estrelas
3 /5 estrelas
(4comentários)
Cafe com Calma
1/4
Café com Calma
2/4
Café com Calma
3/4
O Café com Calma foi considerado o melhor café
Café com Calma
4/4

Nada como começar um dia com calma. Rita Estanislau abriu o Café Com Calma na Marvila semideserta de 2015 para quem o visitar poder desfrutar com vagar, seja para um pequeno-almoço, almoço (servem refeições ligeiras e têm menu de almoço) ou lanche. A decoração é kitsch e confortável e a comida do mais caseiro que há. Ao sábado é servido brunch, entre as 12.00 e as 16.00, e há opção vegetariana (14,90€). 

 

Crítica: 

Na primeira visita, as coisas foram muito pouco calmas. Às 13.00 já havia fila e as empregadas geriam os lugares como se estivessem a jogar o nível 18 do Tetris de olhos vendados. Acabei sentado num canto de uma mesa, num canto da sala, virado para a parede, entretido a ler um cartaz que promovia cursos de permacultura.

Atrás de mim, uma fauna de gente jovem e barulhenta, pessoas que plantam mais ideias do que batatas, a nova comunidade de Marvila em peso, não estivéssemos no centro do bairro, mesmo do outro lado dos antigos armazéns Abel Pereira da Fonseca. Não interessa agora se o hype com a zona foi precoce ou não, a verdade é que o sítio estava cheio de figuras que há anos víamos pelo Bairro Alto.

A comida acabou por acalmar os ânimos. Optou-se pelo menu
 de almoço – e é isso que se deve fazer. Boas as sopas, uma de tomate, fresquíssima, outra de aipo, igualmente fria, igualmente excelente, sem água a mais ou a menos. Nos pratos principais, provou-se uma espécie de lasanha de curgete e manjericão, com camadas de parmesão gratinado
a fazer de massa. Noutro dia,
 havia feijoada de pota, molusco sucedâneo do choco: saborosa, com a excentricidade (inofensiva) de trazer cardamomo. Tudo em modo saudável e bonito, sumos naturais e chás a ajudarem à digestão.

Estava ainda incluída uma micromousse de amendoim e
um café. Tudo isto por oito euros, óptimo negócio. Nem tudo é incrível neste Café com Calma, mais conhecido pelo brunch de fim-de-semana. E calma é coisa que não vai encontrar entre as 13.00 e as 14.30. Mas a cozinha é gerida com inteligência, economia e vontade de fazer diferente. E isso é muito.

*As críticas da Time Out dizem respeito a uma ou mais visitas feitas pelos críticos da revista, de forma anónima, à data de publicação em papel. Não nos responsabilizamos nem actualizamos informações relativas a alterações de chef, carta ou espaço. Foi assim que aconteceu.

Por Alfredo Lacerda

Publicado:

Nome do local Café com Calma
Contato
Endereço Rua do Açúcar, 10 (Marvila)
Lisboa
1950-242
Horário Seg-Sex 08.00-18.00
Preço Até 10€
É o proprietário deste estabelecimento?
Static map showing venue location

Average User Rating

3 / 5

Rating Breakdown

  • 5 star:0
  • 4 star:1
  • 3 star:1
  • 2 star:1
  • 1 star:0
LiveReviews|4
1 person listening
tastemaker

O Espaço é giro, mas ficamos por aí. O atendimento deixa muito a desejar e a pedir para não voltar. Fui com uma amiga para conhecer e tivemos de mudar de mesa 3 vezes para que nos vissem e mesmo assim tive de chamar a funcionária. No entanto, quando cheguei e ao fim de esperar uns minutos até perguntei se havia serviço de mesa ao que responder que sim. Além disso, o meu pedido chegou pela metade.  Talvez um dia reconcilie-me com a má experiência e volte.

tastemaker

O Café com Calma localiza-se numa pequena e simpática praça de Marvila. É uma zona de Lisboa que está a sofrer uma forte transformação, com o aparecimento de ateliers e estúdios de arte/arquitectura, abrem também novos cafés, restaurantes e espaços com base numa componente artística.

É um café cheio de luz, com um ambiente que sugere a casa das nossas avós... bom para ler, acompanhado de um chá e uma saborosa fatia de bolo; para almoçar deliciosos pratos ou para apenas beber um café e pôr a conversa em dia com os amigos.

tastemaker

Decoração muito engraçada, a fazer lembrar um pátio aonde se juntam bons amigos para comer bem e partilhar histórias. Fui lá duas vezes à hora de almoço e infelizmente das duas vezes já so tinham disponíveis uma das refeições do prato do dia, e numa das vezes já nem tinham sobremesa. É pena e deviam rever as quantidades ao almoço uma vez que este café tem todo o potencial para crescer. De qualquer maneira achei o preço do menu justo (8 euros com sopa, bebida, prato principal, sobremesa e café) e a comida estava bem confeccionada, pratos já conhecidos mas sempre com um toque original. 

tastemaker

Por mais que gostasse, a perfeição não existe. O Café com Calma é um daqueles espaços que poderiam ser a minha segunda casa. Gosto do cantinho em si, da decoração, das mesas, cadeiras, pratos na parede, das louças, tudo a remeter para a minha infância e para a casa das minhas avós. Gosto da montra repleta de bolos e tartes, tudo com aspecto caseiro. Mas não gosto que não haja atendimento à mesa, que não haja um menu com o que existe para comer e beber, com respectivos preços. Porque gosto de saber o que há para escolher e quanto vou pagar. Não gosto que à hora do lanche de um sábado já não haja pão para torradas. O Café com Calma tem tudo para ser perfeito. Mas não o é. Pode vir a ser, se alguns dos procedimentos da casa mudarem.