Lisboa icon-chevron-right La Parisienne Bistrot Français

La Parisienne Bistrot Français

Restaurantes, Francês Chiado
4 /5 estrelas
Restaurante La Parisienne Bistrot Français
1/5
Fotografia:Ana LuziaSopa de cebola do restaurante La Parisienne Bistrot Français
La Parisienne - Sala
2/5
Fotografia: Manuel Manso
La Parisienne - Sopa Cebola
3/5
Fotografia: Manuel MansoA sopa de cebola do La Parisienne
La Parisienne - Assiette Parisienne
4/5
Fotografia: Arlindo Camacho
La Parisienne Bistrot - Sala
5/5
Fotografia: Arlindo Camacho

O La Parisienne é um verdadeiro bistrot. Foi tudo pensado ao pormenor pelo dono, Olivier, para reproduzir os restaurantes típicos franceses: desde a música aos empregados de mesa e, claro, à comida. As receitas são todas de elevada qualidade, e para ter a verdadeira experiência deve provar os ovos cocotte, o confit de pato, a soup a l’oignon, com cebola gratinada, e o foie gras. Não saia sem beber um copo de champanhe ou comer o mítico crème brûlée.

Perfeito para: Aceitar que Lisboa seja Francesa.

Obrigatório provar: A soup à l’oigon gratinada.

Publicado:

Nome do local La Parisienne Bistrot Français
Contato
Endereço Largo Rafael Bordalo Pinheiro, 18
Lisboa
1200-369
Horário Seg-Sáb 12.00-15.30/19.00-22.30, Dom 12.00-15.30
Transporte Metro Baixa-Chiado
Preço Até 40€
É o proprietário deste estabelecimento?
Static map showing venue location

Average User Rating

5 / 5

Rating Breakdown

  • 5 star:1
  • 4 star:0
  • 3 star:0
  • 2 star:0
  • 1 star:0
LiveReviews|1
1 person listening
tastemaker

Quando a curiosidade pela cozinha francesa despertar, a nova casa do Chef Olivier no Chiado é o sítio de excelência para visitar. Aqui tudo é francês, desde os pratos, passando pelo atendimento e pela decoração e tudo vale a pena. Como tínhamos o restaurante todo para nós, fomos literalmente o centro das atenções e recebemos todas as indicações e sugestões necessárias para uma experiência gastronómica a recordar e repetir! Mas vamos ao que interessa: optámos por escolher as especialidades da casa e cada iguaria era melhor que a anterior. Os ovos cocotte deram um maravilhoso pontapé de saída, seguindo-se um delicado e suave carpaccio de robalo. Como prato principal, o espírito da carne e peixe crus prevaleceu e experimentámos os tártaros de salmão e vitela. Além da qualidade da matéria-prima, a escolha dos temperos e ingredientes foram essenciais para elevar estes pratos ao patamar da excelência. O cuidado com a confecção, execução e apresentação da carta é um activo muito forte deste restaurante. É uma casa francesa, com certeza que nos encheu as medidas!