A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Magnolia

  • Restaurantes
  • Chiado/Cais do Sodré
  1. Magnólia
    Fotografia: Francisco Romão Pereira
  2. Magnólia
    Francisco Romão Pereira
  3. Magnólia
    Francisco Romão Pereira Camembert folhado com mel de tomilho
  4. Magnólia
    Francisco Romão PereiraBurrata com pesto de majericão e pistáchio
  5. Magnólia
    Francisco Romão Pereira
  6. Magnólia
    Francisco Romão Pereira
Publicidade

A Time Out diz

Era uma padaria de bairro, ponto de encontro de moradores na zona, que ali tinham o ritual de tomar o seu café. Em meia dúzia de meses, a Padaria Renascente, nome marcado num bonito fresco no tecto, deu lugar ao Magnólia, um bar de vinhos e petiscos (e em breve de brunch também). O ponto de encontro, esse, mantém-se, agora ao final do dia. A pequena esplanada enche-se em menos de nada e prolonga-se para lá da estrada, para a Praça das Flores, cada vez mais cheia de vida. Tem sido assim desde que Camila Martins e Yves Callewaert abriram o Magnolia. O nome é o das flores que existem naquele pequeno jardim, mas é também do filme de 1999 de Paul Thomas Anderson. Antes de abrir o Magnolia, Camila estava no Café São, não muito longe daqui, na Rua de São Bento, mas o bichinho para abrir um espaço seu já existia há algum tempo e acabou por desafiar Yves, fotógrafo belga em Lisboa há 14 anos, conhecido por organizar belas jantaradas em casa. A carta é muito simples, até porque a ideia é variar os petiscos que Camila prepara na pequena cozinha. Para acompanhar, as atenções viram-se para os vinhos, nem só naturais, nem só portugueses. A ideia é ter uma carta de brunch durante o dia e outra de petiscos para entardecer.

Detalhes

Endereço
Praça das Flores, 43 (Príncipe Real)
Lisboa
1200-009
Horário
Qua-Seg 18.00-23.00
Publicidade
Também poderá gostar