Olivier Avenida

Restaurantes, Global Avenida da Liberdade/Príncipe Real
4 /5 estrelas
5 /5 estrelas
(2comentários)
Olivier Avenida - Espaço
©DR

No último ano Olivier da Costa sentiu que era altura de voltar às origens, fechou o Olivier Avenida durante umas semanas, remodelou-o de uma ponta à outra (a sala está com mais luz) e reabriu as portas de cara lavada, com a promessa que voltaria a passar aqui mais tempo - afinal esta é, e sempre será, a jóia da coroa do grupo. Repescou alguns pratos dos seus primeiros anos de cozinha, juntou-lhe alguns para partilhar, mas manteve os clássicos, como a salada Olivier, manteve o brunch nos meses frios e os menus de almoço (a 18€)

Perfeito para: levar os amigos endinheirados que talvez paguem a conta.

Obrigatório provar: a picanha de KOB com linguini da casa e molho de trufa.

Publicado:

Nome do local Olivier Avenida
Contato
Endereço Hotel Tivoli Jardim
Rua Júlio César Machado, 7
Lisboa
1250-135
Horário Seg-Sex 12.30-15.30/20.00-23.30, Sáb-Dom 20.00-23.30
Preço Mais de 50€
É o proprietário deste estabelecimento?
Static map showing venue location

Average User Rating

4.5 / 5

Rating Breakdown

  • 5 star:1
  • 4 star:1
  • 3 star:0
  • 2 star:0
  • 1 star:0
LiveReviews|2
1 person listening
tastemaker

Olivier Avenida é um restaurante com ambiente elegante, requintado mas descontraído numa decoração estilo Paris moderno com gastronómia mediterrânea a transbordar de escolhas de comida de conforto.

"Comer bem num ambiente moderno e descontraído" é o seu lema.

Começamos o jantar com cocktails e deixámos à sugestão da casa, sabores frescos e vibrantes deixou o Verão a saltitar dentro de nós.

As Entradas são um festival de cores e sabores bem mediterrâneos. Todos sublimes.

Pratos principais:

A Picanha!!! A Senhora Dona Picanha é um clássico, que nos mergulha pela tenra e suculenta carne com "Gusto" e é particularmente perfeita para aqueles que aguentam to much meat porque a tábua vem bem servida.

O Tagliatelle óleo de trufa faz uma boa interação com o prato e foi a melhor massa que comi nos últimos tempos.

O lombo de garoupa com vegetais e esparregado. Foi o prato escolhido pela minha amiga, que levou elogios dela.

A delícia de todos os gulosos: uma degustação de sobremesas, a Santíssima Tríade da perfeição!

A Bomba Branca é tão famosa, que tinha ideia de ter lido um artigo de ser considerada a melhor sobremesa em Lisboa. Confere, Confere, Confere. Altamente recomendável! A receita está no site oficial dos restaurantesolivier.com mas não faz jus ao trabalho que o Chef fez.

As outras sobremesas: Petit gâteau de chocolate e sorvet de framboesa e frutos vermelhos frescos, todos saborosos acompanhadas de shot de vinho Madeira Reserva 10 anos.

Para beber havia a possibilidade de um vinho do Oliver mas optamos por Sangria de espumante, a não perder se o mood é uma noite descontraída, nós adoramos.

O Staff, vestido a rigor mas muito simpático, muito prestável, sabe todos os detalhes da comida.

No restaurante escrevi esta nota no telemóvel para não esquecer, que resume: Adoro aqueles restaurantes onde só precisamos de levar os talheres e os copos à boca, tudo o resto a casa pensou e reproduz ao milímetro.

A questão é que descobri que há também um universo de possibilidades, desde um bar, a snacks que se comem ao balcão (a confirmar), ao menu almoço, aos jantares, à esplanada, ao brunch de Domingo.

Nota, na localização privilegiada que tem, têm um parque de estacionamento com validação no restaurante.

Tastemaker

Dos restaurantes a que já fui do Olivier, este é o que eu mais gosto quer pelo espaço quer pela comida. O staff é muito simpático, apesar de um pouco demorado. À hora de almoço, durante a semana, há menu especial, com ótima qualidade-preço. Para entrada, um croquete de espinafres e queijo saboroso, mas que não surpreende. Como prato principal, polvo assado com azeite de alho e malagueta, batata doce e brocoletti, com ótima textura e tempero. Para sobremesa, um bom sorbet de maçã verde. Aconselho!