Peixe na Avenida

Restaurantes Avenida da Liberdade
3 /5 estrelas
Peixe na Avenida
1/6
Pargo com batata vitelote e peixinhos da horta
Peixe na Avenida
2/6
Peixe na Avenida
3/6
Peixe na Avenida
4/6
cozido do mar, cozido de peixe, peixe na avenida
5/6
Peixe na Avenida
6/6

Luísa Fernandes, conhecida
no meio como Luisinha, tem tido uma vida cheia. Quando ainda não havia o culto do chef, ela quis ser cozinheira. Diz a biografia oficial que, a dada altura, dividia o tempo entre o hospital Amadora/Sintra, como assistente de cirurgia ortopédica, e o restaurante Tachos de São Bento. Pelo meio, ainda serviu como enfermeira paraquedista e viajou pelo mundo, incluindo sítios pouco gourmet, como o Sudão e o Ruanda.

Não satisfeita, em 2003,
 correu atrás do sonho americano. Chegou ao JFK sem nada, 
partiu do JFK com um currículo notável. Começou no Alfama, o histórico restaurante português de Nova Iorque, passou por outras cozinhas e aventuras, e já depois de ter vencido um concurso do canal televisivo Food Network, acabou no Robert, do Museu de Arte e Design.

O currículo permitiu-lhe regressar a uma Lisboa bem diferente da que deixou para trás. Assentou mesmo junto à Avenida da Liberdade e trouxe consigo um pouco do mundo. Olhando para a carta, o peixe assume protagonismo, numa espécie de manual planetário. Ceviches, sashimis, escalfados, assados, moquecas, caris – estão lá muitas das técnicas regionais, sejam da Ásia ou das Américas, com uma única excepção carnívora, um bife do lombo com puré de trufa.

Faz sentido que assim seja. Graças a um fenómeno oceânico conhecido como upwelling, Portugal é um país com uma extraordinária variedade e qualidade de peixes. E um dos seus exemplares mais originais foi precisamente o que primeiro estacionou na mesa. O “carapau de corrida” era um ceviche com o peixe em lascas, pickles de cebola rocha, limão e lima, muito fresco e equilibrado.

Boa entrada a abrir caminho
a um bicho maior. Por sugestão de Luísa Fernandes, optou-se pelo robalo com “água de tomate aromatizada com chouriço alentejano”. Duas tranches grandes de um peixe de mar, cozinhadas no ponto, por cima salsa crocante, favas micro (com pele), o molho um puré atomatado.

A minha amiga escolheu o menu de almoço, 14 euros, com direito a entrada, prato principal, sobremesa e bebida. A entrada era uma salada de rúcula e tomate (inexpressivo, fora de época) e no dia calhou um arroz de bacalhau malandrinho, de confecção tradicional, com o gadídeo em lascas.

Para sobremesa, veio uma
 das criações de Luísa Fernandes com que concorreu no concurso Chopped, da Food Networks, e que a acompanha sempre: o mil folhas, na verdade uma estrutura periclitante colada por um creme branco indistinto.

A servir esteve uma empregada perdida e frágil como um
 animal doméstico largado na auto-estrada. Não soube nunca responder às perguntas, coisas simples como “qual é o bacalhau que faz parte do menu do dia?” Acudiu sempre Luísa Fernandes e foi um privilégio. A sua ternura e o seu sorriso lembram uma dessas enfermeiras antigas capazes
de confortar uma pessoa com o fémur fracturado.

Sem alma a decoração, um posh que ficou a meio caminho, com umas correntes douradas perturbadoras nas portas da entrada, a lembrar as fitas dos talhos. Deixámos o restaurante com vontade de provar o cozido de peixe, prato que só é servido aos jantares, por enquanto, e por marcação. Os peixes ficam quatro horas imersos numa salmoura antes de serem cozidos e a chef criou enchidos marinhos para acompanhar, como farinheira de camarão ou morcela de choco.

*As críticas da Time Out dizem respeito a uma ou mais visitas feitas pelos críticos da revista, de forma anónima, à data de publicação em papel. Não nos responsabilizamos nem actualizamos informações relativas a alterações de chef, carta ou espaço. Foi assim que aconteceu.

Por Alfredo Lacerda

Publicado:

Nome do local Peixe na Avenida
Contato
Endereço Rua Conceição da Glória, 2/6
Lisboa
1250-096
Horário Ter-Sáb 12.00-15.00/18.30-00.00, Dom 18.30-00.00
Preço Almoço: 15€, Jantar: 30-40€
É o proprietário deste estabelecimento?
Static map showing venue location
LiveReviews|0
1 person listening