Pistola y Corazon

Restaurantes, Mexicano Cais do Sodré
4 /5 estrelas
4 /5 estrelas
(17comentários)
Pistola Y Corazon 2
1/2
Pistola Y Corazon 5
2/2

A breve história de vida do Pistola y Corazon dava um filme. Um filme mexicano, claro está, com tacos e tequilhas à mistura. Eis a sinopse.

Damien Izarry, nascido e criado na fronteira entre os EUA e o México, a viver em Lisboa há oito anos, queria abrir uma taqueria. Tinha a ideia, tinha a sócia perfeita, a namorada italiana Marta Fea – arquitecta, designer e ilustradora –, mas não tinha o essencial: as receitas. Um dia, enquanto os dois olhavam para a oferta de produtos mexicanos de um supermercado, ouviram Aaron, um mexicano de sotaque carregado, refilar com a inexistência de bons produtos para confeccionar os verdadeiros tacos. Olharam para o lado, explicaram quem eram e perguntaram se ele, por acaso, não estaria interessado em abrir uma taqueria. “Sim”, disse o cozinheiro. Semanas mais tarde entrou o quarto elemento: Cesar Polo, cozinheiro mexicano, a viver em Lisboa há mais de 20 anos, que passou pelas obras no Cais do Sodré, perguntou o que ia abrir ali e, quando soube a resposta, juntou-se ao núcleo duro.

“Somos uma casa de tacos verdadeiramente mexicanos. Fazemos uma cozinha autêntica, popular, com sabor, mas simples”. As palavras são de Damien, mas podiam ser de qualquer um dos quatro. Tudo o que servem é confeccionado por Aaron e Cesar. Sejam os totopos feitos na cozinha, seja o pico de gallo, que oferecem a quem se senta, sejam as tortilhas de milho – “o milho é posto em água, descascado, misturado num molho especial”, conta Aaron –, sejam as carnes de porco, vaca e frango que podem estar mais de seis horas a assar ou as várias salsas.

Mais: “80 por cento dos produtos que usamos são mexicanos”, acrescenta. Alguns são vendidos para fora, num mercado montado no restaurante, estando as tequilhas e cervejas mexicanas incluídas na equação.

Há tacos de tinga de pollo, de bistec com chile (carne de vaca cozinhada durante sete horas), al pastor (carne de porco), e um picantíssimo de camarón, entre outras escolhas. Tudo para comer à mão, a preços que rondam os 7€, nos pratos que incluem três tacos (sempre do mesmo sabor) e três molhos.

Mas, muito importante também, têm uma carta de tequilhas puramente mexicanas (entenda-se: que dão ressaca menos dolorosa), cocktails de tequilha e mezcais (bebida feita a partir do agave, mas com menos destilações do que a tequilha).

O resultado é um restaurante-bar com muita onda e boa comida. E onde a língua que domina, na ementa e no serviço, é o espanhol. Pelo Pistola y Corazon, tudo vale a pena.

Publicado:

Nome do local Pistola y Corazon
Contato
Endereço Rua da Boavista, 16
Lisboa
1200-109
Horário Seg 18.00-00.00, Ter-Sex 12.00-15.00/18.00-00.00, Sáb 18.00-00.00, Dom 12.00-15.00/19.00-00.00
Transporte Metro Cais do Sodré. BUS 714, 774
Preço Até 20€
É o proprietário deste estabelecimento?
Static map showing venue location

Average User Rating

4 / 5

Rating Breakdown

  • 5 star:4
  • 4 star:9
  • 3 star:4
  • 2 star:0
  • 1 star:0
LiveReviews|17
1 person listening

Melhores tacos de Lisboa! Bom ambiente, staff super atencioso e sempre bem dispostos. Óptimo sítio para jantar com amigos e beber umas margueritas ou experimentar outros cocktails - o "chupamela" é divinamente delicioso!

tastemaker

Restaurantes mexicanos há muitos, mas tão bons quanto o Pistola y Corazon são um achado raro. É definitivamente um daqueles nomes que vale a pena decorar na cidade de Lisboa.


Começando pelo óbvio - os tacos! São tão saborosos e têm uma óptima variedade. O clássico "Al Pastor" merece sempre lugar à mesa, mas é impossível não querer mandar vir mais 4 ou 5, por isso o ideal mesmo é ir com um grupinho para partilhar, já que vêm em número de 3 por dose.

Nota importante: o guacamole que acompanha os tacos e quesadillas é tão bom que é impossível não quebrar o constrangimento que possa ter e pedir que lhe tragam mais.


Tão boa quanto a lista de tacos, é a das margaritas. E o que faz toda a diferença é a Tequila. Deliciosa. Aliás, perigosa! É daquelas tão docinhas, que mal se nota que e uma bebida alcoólica. Se até em shots sabe bem, quanto mais nas receitas originais da casa!


A simpatia do staff é contagiante! E uma ida ao Pistola é sempre um bom pretexto para aproveiar e dar uma palavrinha em espanhol, claramente a língua dominante do pequeno espaço.


Só para avisar!! Não existem reservas e costuma estar cheio, mas compensa cada minuto de espera.


tastemakerTastemaker

Daqueles sítios incontornáveis. Gosto de comida mexicana e adoro o pistola por matar sempre aquele desejo imenso de tacos. Já experimentei imensos diferentes e aposto sempre em cocktails para acompanhar. O único senão é mesmo a fila que costuma estar. (Cuidado com as margaritas à porta enquanto esperam...just saying). A ir cedo para não ter de esperar imenso tempo uma vez que não aceitam reservas. Apostem nos vários picantes.

Tastemaker

O espaço é pequeno e no verão é um pouco quente. O staff é muito simpático! Apesar de não ser grande apreciador da comida mexicana, esta é das que mais me agrada de Lisboa, e é a que tem o preço mais simpático! Ao almoço existem opções por 9/10 euros que incluem bebida e café. À noite, os preços são um pouco mais altos, mas continuam num patamar confortável.

tastemaker

É importante referir desde já que não sou (ou era) a maior fã de comida mexicana. Mas posso agora afirmar que, após um almoço na Pistola y Corazon, me converti. E não (infelizmente), não estou a ser patrocinada para dizer isto. 

Comecemos pelo espaço: uma decoração fantástica, que nos faz viajar e no qual cada pormenor nos surpreende. Até o espaço reservado aos lavabos vale a visita! 

Não posso deixar de salientar também o atendimento. Os funcionários são impecáveis e animados. Uma das amigas que me acompanhou neste almoço é vegan e todo o menu foi rapidamente adaptado sem qualquer problema ou entrave. 

E a melhor parte: a comida! O menu de almoço é super completo e por um preço justo (9 euros) experimentamos uma verdadeira refeição mexicana. Só é pena as margaritas não estarem incluídas no menu. De resto, tudo muito saboroso. 

Conselho de amiga: vão cedo! O espaço é mesmo muito concorrido (e percebe-se bem porquê) por isso evitem as horas mais caóticas pois arriscam-se a ficar horas numa fila à espera.  

tastemaker

Fomos, experimentámos, mas não adorámos!

A comida não é nada de especial, o sítio é pequeno, a fila quase permanente e os preços nem serão os mais interessantes. O melhor de tudo são as bebidas: as margueritas são uma boa desculpa para validar a ida!


Quer sair bêbado de um jantar?
Vá ao Pistola!
Os tacos são BONS, muito bons e tem um excelente guacamole (ou cacamole para os amigos).
A decoração (especialmente das casas de banho) é muito catita!


Um local 4 estrelas. Bom ambiente, staff espetacular, optimos tacos ( excelente guacamole), e excelentes Tequillas.A localização é perfeita! O espaço peca por pequeno! Recomendo  totalmente!!


O staff é, sem dúvida, muito simpático e prestável. Os tacos são bons e as bebidas com tequilla proliferam.


Só fui uma vez e gostei. Acho que poderia ter mais oferta, mas de qualquer maneira serve para o próposito: beber umas boas tequilas e comer uns deliciosos tacos sem sair do centro da cidade.


Os tacos são bons, continuo a achar que as panquecas podiam melhorar, e estou fã dos pequenos-almoços de domingo. Grande atendimento, pessoal muito simpático, grande tequilla, grande música, grandes desenhos na parede. 


Não entra na minha lista dos 10 melhores restaurantes da cidade. O mais certo é que nem entre na dos melhores vinte. E no entanto está no meu top cinco para jantar. Porquê? Porque os tacos são óptimos (sem serem inesquecíveis), mas sobretudo porque a carta de tequilas é inspiradora (e perigosíssima), o pessoal é incrível e a coisa descamba frequentemente em festa. 


Vale mais pelo ambiente e pelas bebidas do que pela comida. Uma boa experiência se a ideia fôr beber uns copos com os amigos e comer umas tapas em versão mexicana. A farinha das tortilhas deixa-as a perder, por bom que sejam alguns recheios.


El Nuno


Já fui duas vezes. Melhor do que as quesadilhas (um dos pratos não picantes) são os cocktails supresa que chegam à mesa, como o Mata Gringos. O factor surpresa, neste caso, nunca desilude. Uma dica: não há reservas, por isso convém chegar bem cedo para arrancar mesa.


Já comi melhores mexicanos na vida, mas o Pistola Y Corazon tem vindo a ganhar qualidade ao longo do tempo. E depois tem um staff muito porreiro e um ambiente perfeito para um jantar com copos. 


O mexicano mais castiço da cidade não faz marcações mas vale cada minuto de espera, até porque até arranjar mesa, é possível ir bebericando uma margarita. Tem os melhores tacos de Lisboa, guacamole com totopos e um pastel de tres leches para rematar inesquecível.