Rabod'Pêxe

Restaurantes Avenidas Novas
4 /5 estrelas
4 /5 estrelas
(4comentários)
Rabod'Pêxe
Fotografia: Ana Luzia

Primeiro o nome: para ler com sotaque açoriano, tal e qual como se pronuncia a localidade da ilha de São Miguel. Depois a chefia: tem aos comandos o talentoso sushiman Paulo Morais. E agora a comida: 80% do peixe e da carne que usam vem dos Açores, mas os pratos são sobretudo criações luso-nipónicas – apesar de haver sushi puro e duro, de poder comer um peixinho grelhado ou misturar proteínas e arriscar na parte da ementa dedicada ao surf and turf. Escolha não falta e criatividade muito menos.  

Publicado:

Nome do local Rabod'Pêxe
Contato
Endereço Avenida Duque de Ávila, 42 B
Lisboa
1050-083
Horário Seg-Qui 12.00-15.00/19.00-00.00, Sex-Dom 12.00-00.00
Transporte Metro Saldanha. BUS 713, 716, 723, 746.
Preço Até 30€
É o proprietário deste estabelecimento?
Static map showing venue location

Average User Rating

4.3 / 5

Rating Breakdown

  • 5 star:1
  • 4 star:3
  • 3 star:0
  • 2 star:0
  • 1 star:0
LiveReviews|4
0 people listening
tastemaker

O nome não deixa margem para dúvidas: é hora de embarcar por uma viagem até ao arquipélago dos Açores. O que não é tão evidente é a parceira desta cozinha... a gastronomia nipónica. Um risco grande como este merece um retorno à altura (como manda a teoria financeira) - que é exactamente o que aqui acontece. O espaço é moderno, é cool e está na moda (dia de semana ao jantar, a casa estava cheia). Tínhamos a curiosidade aguçada e o desejo de experimentar vários pratos diferentes e, por isso, fomos picando entradas de marisco e depois dividimos o prato principal. Para primeira experiência, foi uma óptima escolha! As combinações são improváveis mas casam na perfeição e, por isso, seria injusto destacar uns pratos em detrimento de outros. Recomendo-os a todos: as fantásticas e decadentes cornucópias de sapateira, as desafiantes vieiras coradas com espuma de caril (para os mais sensíveis, afastem-se deste prato, é picante!), o simples mas delicioso tempura de camarão com amêndoa e, por fim, o novilho com bulhão pato - uma criação dentro do registo de surf and turf. Para terminar, como a indecisão pela sobremesa era tanta, pedimos a degustação e foi uma autêntica surpresa - podíamos pensar que vinha um bocadinho de cada doce para experimentar... e vieram mas todas numa sobremesa só! Nunca tinha visto este conceito e confesso que fiquei fã! Não ficou uma refeição acessível mas valeu a pena! Para a próxima vimos experimentar o sushi, fica prometido!

Tastemaker

Uma boa surpresa no centro da cidade. Restaurante destinado a pratos de peixe fresco, desde grelhados, a sushi com o melhor peixe da costa portuguesa. As sobremesas são outro dos pontos a destacar numa refeição no Rabo d'Pêxe. Espaço exterior muito simpático e convidativo para ir com amigos para colocar a "conversa em dia". Não é dos restaurantes mais baratos, mas merece a visita pela qualidade dos pratos e pelo espaço.

Tastemaker

Quem olha de fora não imagina o espaço que existe por dentro. Há boas surpresas! Em plena Avenida Duque de Ávila é possível ter uma refeição numa espécie de jardim, protegido do frio e da chuva. O staff é muito simpático. A comida é muito boa... aqui come-se com os olhos e com a boca. Optámos por pedir alguns pratos para partilhar e nenhum desiludiu! Das vieiras bem confeccionadas a um "tartar duet" de vitela e ostras delicioso... A repetir, sem dúvida.

tastemaker

A manteiga de algas não me convenceu, e deixou-me apreensivo num começo com "boca amarga" ... a simpatia da empregada que nos recebeu e cuidou da nossa mesa compensou o início tremido. Início, sim, porque daí para a frente foi sempre a melhorar.

O sushi, como seria de esperar - não fosse o nome por trás do Rabo d'Pêxe o de Paulo Morais, era óptimo (a P. adorou!). Para mim, barriga de atum na grelha (em género de tataki) com batata doce que estava divinal!

Por fim, a sobremesa de chocolate com um nome no mínimo sugestivo e muito muito interessante. O espaço parece um pequeno Óasis numa zona onde se espera tudo menos encontrar um terraço e zona verde, com iluminação pensada para prolongar a sensação de profundidade do espaço exterior. Ainda não conhece? Tem que visitar.