Taberna Sal Grosso

Restaurantes São Vicente 
  • 5 /5 estrelas
(1comentário)
1 Gostar
Guardar

Vinho branco, louro, alho e sal grosso. Eis os verdadeiros elementos fundamentais da cozinha portuguesa. Pelo menos para Joaquim Leal, uma das cabeças por detrás da Taberna Sal Grosso, a nova tasquinha de Santa Apolónia, gerida também por Cátia e João. “A ideia de abrir um restaurante surgiu numa altura em que estava desempregado. Sempre gostei muito de cozinhar e, como sempre vivi em comunidade, tanto em casa, como quando estudava, acabava sempre por ser o cozinheiro designado”. Posto isto, Joaquim arregaçou as mangas, tirou um curso na Escola de Hotelaria, e agora cozinha mão de vaca com grão, iscas à portuguesa, moelas, frango piripiri, arroz de tomate ou de grelos, e bacalhau confitado com broa (entre os 2€ e os 7€). Tudo isto porque já não conseguia comer um bom pastel de bacalhau em Lisboa.

Calçada do Forte, 22 (Santa Apolónia).

Publicado:

Nome do local Taberna Sal Grosso
Contato
Endereço Calçada do Forte, 22
Lisboa
1100-397
Horário Seg 12.00-16.00, Ter-Sáb 12.00-16.00 e 20.00-24.00

Average User Rating

5 / 5

Rating Breakdown

  • 5 star:1
  • 4 star:0
  • 3 star:0
  • 2 star:0
  • 1 star:0
LiveReviews|1
1 person listening
Alexandra V
tastemaker

Venho completamente enloquecida com este espaço. 

Fomos ao menu almoço e como é que é possível tanta qualidade e ser tão castiço.

O espaço é pequeno e é necessário reserva. 

Ao jantar há petiscos maravilhosos como codornizes, fígados de pato. Ao almoço há o menu almoço por 8€, inclui pão, azeitonas, tremoços, copo de bebida, sopa, prato de peixe ou carne à escolha, sobremesa, café e um digestivo.

Da vez que fomos ao almoço foi creme de feijão verde, carne de porco à alentejana, bolo de colcha e torta de laranja. 

Pena no Inverno a porta estar aberta e quem fica mais próximo da janela congela e tem que estar de casaco a apanhar com correntes de ar. 

Adoro o espaço e o atendimento simpático e simples não fica nada atrás.