Australopiteco

Teatro
companhia Universo Paralelo
Fotografia: Helena Melo Australopiteco, de Adriana Melo, da companhia Universo Paralelo

A Time Out diz

“Eu podia ser tu e tu podias ser eu”, sugere Clara, uma menina mais gordinha do que as outras, mas com a mesma vontade de fazer amigos, brincar e rir a bandeiras despregadas. “Tu podias ser eu e eu podia ser tu ou tu ou tu”, insiste. E, de facto, se pensarmos bem, cada um de nós podia ter sido outra pessoa qualquer. Graças à lotaria da vida, existimos nesta cor, forma e feitio, neste sítio, neste tempo. E, mais importante ainda, em comunidade. Em casa, na escola, no mundo, há sempre alguém que não somos nós. Se fossemos o outro, como gostaríamos de ser tratados? A companhia Universo Paralelo lança a pergunta com Australopiteco, que estreia para as famílias, nos claustros do Museu da Marioneta, e quer pensar a diferença.

Detalhes

Também poderá gostar
    Best selling Time Out Offers