Chego Sempre Atrasada aos Funerais Importantes

Teatro, Teatros
0 Gostar
Guardar
Chego Sempre Atrasada aos Funerais Importantes

Chego Sempre Atrasada aos Funerais Importantes no Teatro Maria Matos

Com este título um bocadinho bizarro, Catarina Vieira propõe-se explorar “as tensões entre a narrativa do herói solitário – que deve estar sempre preparado para tudo e que se aventurar no desconhecido – e os territórios onde as ideias de preparação e de heroicidade são talvez absurdas e problemáticas: o amor e a morte.” Espectáculo de teatro infectado pelas artes plásticas, a peça tem apoio dramatúrgico de Cédric Coomans e Jonas Schnor, espaço cénico concebido por Tiago Pinhal Costa, e desenho de som da responsabilidade de Molly Macleod. 

LiveReviews|0
1 person listening