Corpo Futuro

Teatro
Corpo Futuro
©DR Corpo Futuro

Com esta peça, Ricardo Cabaça lança uma interpretação da “História de Arte para perceber a forma como a mulher foi representada na arte, desde a sua origem até hoje.” E, com Érica Rodrigues e Mário Oliveira em palco, acompanhados pela música de Mário Oliveira e iluminados por Carolina Caramelo, o autor e encenador verifica como, na “maioria das aparições, a sua importância não ultrapassou a figura de musa, sendo retratada sempre pelos homens: perfeita, bela e submissa.” Por isso, este “espectáculo reflecte sobre alguns dos ícones femininos da literatura universal, como Penélope, na procura de respostas alternativas às suas acções.”

Por Rui Monteiro

Publicado:

LiveReviews|0
1 person listening