Ítaca – Nossa Odisseia I

Teatro

Vem do Brasil, é Artista na Cidade 2018, chama-se Christiane Jatahy, e quem não sabia quem era teve oportunidade de saber depois da apresentação da sua trilogia teatral no D. Maria II. Quem perdeu essas três excepcionais peças, enfim, pode agora apanhar o fio à meada com Ítaca – Nossa Odisseia I e com o que mais virá da sua produção até ao final do ano.

Nesta peça, onde convivem, como é hábito no seu trabalho, teatro, cinema e performance, a criadora vira-se, depois de Strindberg, Tchékhov e Shakespeare, para Homero e a sua Odisseia. Em Lisboa, com uma um elenco de actores brasileiros e de língua francesa, Jatahy mergulha no mito fundador da literatura ocidental, e, claro, vira a coisa do avesso para melhor falar deste tempo, hoje, lugar – como afirmou o crítico Fabienne Darge, no Le Monde – de “terramoto, cujas falhas geológicas passam pelas relações raciais, sociais, as relações entre os sexos e a questão da imagem do real e do seu duplo.”

Por Rui Monteiro

Publicado:

LiveReviews|0
1 person listening